segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Congresso Latino Americano da Enfermagem 2015

A 18ª edição do Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem - CBCENF, realizado no Centro de Convenções de João Pessoa/PB, foi encerrada como começou, com muita alegria, aprendiza
do e emoção. A cientificidade e a construção integrada, em parceria com os Conselhos Regionais, é o grande legado do CBCENF.
Foram mais de 30 horas de programação, em quatro dias de evento. “Podemos afirmar com segurança que a diversidade de temas contemplou esta edição de CBCENF como a mais rica e completa da nossa história”, avaliou o coordenador científico do evento, Leocarlos Cartaxo.
O deputado federal Wilson Filho (PTB/PB), presidente Frente Parlamentar Mista em Defesa da Enfermagem, foi homenageado no encerramento. “Já colocamos a bandeira das 30 horas como a principal da enfermagem. Vocês que carregam a saúde brasileira nas costas. Vamos convencer aqueles que ainda não apoiam a nossa bandeira”, afirmou o deputado. A mesa contou com a presença dos conselheiros federais e diversas autoridades, incluindo a deputada estadual enfermeira Rejane, do Rio de Janeiro (PC do B/RJ).
O presidente do Cofen, Manoel Neri, celebrou os resultados do 18º CBCENF. “O congresso inovou com uma programação científica identificada com os problemas emergentes da Enfermagem brasileira. Os e-posters foram outro sucesso, unindo a apresentação dos trabalhos com a tecnologia, para dar agilidade ao evento”.
“Em 2008, até cheguei levar a votação para mudar a periodicidade do CBCENF, que passaria a ser realizado a cada dois anos. Fui derrotado”, confessou. “O sucesso do congresso mudou minha opinião”. O presidente lembrou que dois meses antes do 18o CBCENF foi necessário terminar as inscrições devido a grande procura, tudo com divulgação apenas pelo site do Cofen e pelas redes sociais.
O 18º CBCENF teve registrado em seu credenciamento 6,3 mil pessoas, de 15 a 18 de setembro, com sessões frequentemente lotadas e intensa participação dos congressistas.

Campanha

Campanha