quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Exemplo a ser Seguido

O Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão - Coren/MA, em parceira com o Sinduscon/MA (Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão) lança o programa Coren Moradia, direcionados a profissionais de enfermagem do estado. 
Com uma média de aproximadamente 30 mil inscritos, o Coren/MA busca com esse programa viabilizar o sonho da casa própria de muitos profissionais.
Nesta primeira etapa, o Coren Moradia oferecerá casas com 200 m² e área construída de 60 m², em conjunto Residencial na Estrada de Ribamar, podendo a oferta inicial de imóveis ser aumentada caso haja demanda por parte dos profissionais.
O imóvel será financiado pela Caixa Econômica Federal, por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, que dará subsídios de até 17 mil, reduzindo o valor final da casa. O valor inicial das casas para esta primeira etapa será de R$ 85.000,00. A prestação será em torno de R$ 390,00 e é decrescente no decorrer do financiamento.
Click aqui  e acompanhe as noticias no site do COREN/MA.
Fonte:COFEN

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Outubro Rosa

Câncer de mama é uma doença tratável. A descoberta precoce é a chave para sobreviver ao câncer de mama. O câncer normalmente começa com um pequeno nódulo que, com o tempo pode crescer e se espalhar para áreas próximas, como os músculos e pele, assim como nódulo de pus sob o braço. Principalmente o tumor pode se espalhar para órgãos vitais como fígado, cérebro, pulmão e espinha.

Toda mulher de 50 a 69 anos deve fazer o exame clínico da mama (de toque) anualmente e a mamografia a cada dois anos, mesmo que não apresente nenhum sintoma ou histórico familiar, porque é a faixa etária de maior risco. As mulheres de 40 a 49 anos que não apresentam nenhum sintoma ou histórico devem fazer o exame clínico anualmente, e caso apresentem algum nódulo, a mamografia será indicada. Para as mulheres de 35 a 39 que apresentam alto risco, o exame e mamografia deve ser realizado anualmente.

Além do exame de mamografia, a mulher pode realizar o autoexame das mamas. Para a Secretária da Mulher, Concita Maia, "É muito importante que nós mulheres tenhamos conhecimento das possibilidades do nosso próprio corpo". Já a presidente da Associação Amigos do Peito, que ajuda portadoras do câncer de mama que vem do interior para tratamento na capital, revelou que, "Tive câncer de mama num momento que Rio Branco não oferecia tratamento. Tive que fazer meu tratamento fora e sabemos a dificuldade de realizá-lo fora de casa. Hoje isso é diferente, mas o importante é prevenir".

Click aqui e leia uma reportagem feita pelo jornal voz do norte do municipio de Cruzeiro do Sul.

Tecnologia Regional

Aconteceu na noite de quarta-feira, 19, a palestra com o Professor Doutor Claudio Romero Farias Marinho do Laboratório de Imunoparasitologia, do DFepartamento de parasitologia, do Instituto de Ciencias Biomédicas da USP - Universidade de São Paulo, sobre Malaria Gestacional: da bancada à clínica.
Excelente palestra do Prof.Claudio sobre as pesquisas que estão sendo realizados junto com os paises europeus, que são aliados no avanço das tecnologias nas pesquisas e como o projeto que estão sendo realizado no municipio de Cruzeiro do Sul, como por exemplo o Projeto Malaria na Gravidez realizado pela Dra. Suiane Negreiros na Maternidade Materno Infantil do Juruá.
Diante mão quero agradecer ao convite do Professor e mentor social Rodrigo Medeiros e tambem pela iniciativa de juntar o prof.Claudio com suas pesquisas e a Dra.Suiane com o projeto.

SUS Patrimônio

Todos usam o SUS! SUS na Seguridade Social, Política Pública e Patrimônio do Povo Brasileiro”, esse é o tema que foi discutido nesta 6ª Conferência Estadual de Saúde que iniciou na noite desta terça-feira, 4, e finalizou na madrugado de sexta-feira, 8, no auditório da Firb/FAAO.
A programação teve a participação da Secretaria Estadual de Saúde Suely Melo apresentando a avaliação do Plano Estadual de Saúde do quadriênio 2008 a 2011.
De toda a programação dos palestrantes da conferencia o ponto alto do evento foi a palestra do Professor Ivo Pedrosa da Universidade do Piaui com o tema "Participação da Comunidade e Controle Social" foi simplismente um show não desmerecendo os demais palestrantes.
A Conferencia teva a participacção toda espacial do Diretor Nacional de Ouvidoria do SUS, Luiz Bolzan, e a Coordenadora da Regulação do Trabalho em Saúde, do Ministério da Saúde, Miraci Mendes.
Os delegados que foram selecionados das Conferências Municipais de Saúde, agora na etapa estadual, criaram 70 propostas que foram votadas em plenário, sendo estas desenvolvidas em grupos durante os quatros dias de reunião, e serão estabelecidas durante os próximos anos com intuito de melhorar a qualidade no acesso ao SUS e as condições de trabalhos dos profissionais de saúde, entre outras.
Também foram votadas 35 propostas a serem defendidas na Conferência Nacional de Saúde, além da eleição de 40 delegados, sendo 20 do seguimento dos usuários, 10 dos gestores e 10 dos trabalhadores em saúde, escolhidos para representar o Acre em Brasília.
A Conferência Nacional será  realizada em dezembro, no Distrito Federal, nelas serão debatidos o tema central do evento e eixos temáticos relacionados à saúde pública do país.
As conferências têm 76 anos de existência, cumprindo o disposto no parágrafo único do artigo 90 da lei n.º 378, de 13 de janeiro de 1937, que foram modificadas ao longo do tempo. Elas têm como objetivos principais avaliar a situação da saúde e propor diretrizes para a formulação da política de saúde nos três níveis de gestão.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Vestibular 2011


O ingresso na Universidade Federal do Acre - UFAC, será através das provas do ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio que serão aplicadas nos dias 22 e 23 de outubro. A mudança do fuso gerou dúvidas entre os estudantes quanto ao horário de realização das provas.
Os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 10h e fechados às 10h55, de acordo com o horário local. Não será permitida a entrada de candidatos que se apresentarem após o horário estipulado.
Em Cruzeiro do Sul, cerca de 5 mil estudantes serão submetidos ao exame. Os candidatos devem ficar atentos ao horário de fechamento dos portões dos locais de provas.

“Aqui em Cruzeiro do Sul é diferente de Brasília, as provas terão início às 11 horas da manhã. Por isso, os portões serão abertos às 10 horas e ficarão assim até minutos antes à hora do exame. Portanto, depois das 11 no horário local não será permitida a entrada de mais ninguém”, explica Rasaida Barreto, coordenadora de logística do CESPE na cidade.
O ENEM em Cruzeiro do Sul será aplicado em 14 unidades, distribuídas desde o centro ao campus da Ufac, na zona rural. A mesma empresa de transporte coletivo que normalmente transporta os alunos do Campus Floresta estará atuando no domingo a partir das 9h30 em direção à UFAC.

Click aqui para você estudar e assistir aos conteúdos para as provas.(eh dicas valeu).
Fonte_Tribuna do Juruá.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Dia Mundial de Combate à Sífilis Congênita

O Dia Nacional de Combate à Sífilis Congênita acontece nesta segunda feira (17), na praça do centro cultural de Cruzeiro do Sul organizado pelo Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e Aids da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura Municipal de Cruzeiro do Sul, para maiores informações vá até um posto de saúde mais próximo a sua residência e tire sua duvida.

O Departamento de DST e Aids recomenda que "todas as pessoas sexualmente ativas devem realizar o teste para diagnosticar a sífilis, principalmente as gestantes no primeiro trimestre da gestação, pois as principais complicações da sífilis congênita são aborto, má formação do feto ou morte ao nascer". "O recomendado é fazer o teste duas vezes durante a gravidez e repeti-lo logo antes do parto, já na maternidade", acrescenta. Para quem não fez o pré-natal, o teste deve ser realizado antes do parto.

A sífilis é uma doença infecciosa causada pela bactéria Treponema pallidum. A doença pode ser transmitida de uma pessoa para outra durante o sexo sem camisinha com alguém infectado, por transfusão de sangue contaminado ou da mãe infectada para o bebê durante a gestação ou o parto. O uso da camisinha em todas as relações sexuais e o correto acompanhamento durante a gravidez são meios simples, confiáveis e baratos de prevenir-se, orienta o Departamento de DST e Aids.

Em 1905, pesquisadores alemães, Fritz Richard Schaudinn e Paul Erich Hoffmann descreveram o Treponema pallidum como o agente causador da sífilis.

Em 1906, o bacteriologista August Paul von Wassermann desenvolveu a primeira sorologia para sífilis (Lues).

Embora essas descobertas sejam altamente efetivas e muito usadas na prática médica e que o tratamento da sífilis seja uma realidade há pelo menos 50 anos, a doença se mantém como um sério problema de saúde pública em todo o mundo.


A sífilis congênita (SC) tem representado um grande desafio à saúde pública, no Brasil, pela sua elevada prevalência e graves seqüelas perinatais.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera que a doença é eliminada quando existe a ocorrência de menos de um caso para cada 1.000 nascidos vivos.

A maioria dos municípios brasileiros está muito longe dessa meta.
O governo brasileiro assinou um protocolo junto à OMS, em 1992, comprometendo-se a eliminar a SC, até o ano 2.000.

A SC é uma doença sentinela. Isto quer dizer que, quando ela está presente, e sem controle, a saúde pública tem sérios erros estruturais.

A SC é o resultado da transmissão da sífilis, da gestante infectada não tratada ou inadequadamente tratada, para o seu bebê, através da placenta. Sabe-se que a transmissão vertical (da mãe para o filho) da doença pode ocorrer em qualquer fase da gestação.

Nas gestantes, com sífilis recente não tratadas, a taxa de transmissão vertical é de 70% a 100%, e na tardia de 30% a 40%, podendo ocorrer abortamento, natimorto ou morte perinatal em aproximadamente 40% das crianças infectadas.

Mais de 50% das crianças infectadas não apresentam sintomas ao nascer, porém pode levar a graves seqüelas, daí a importância da triagem sorológica da mãe na gravidez e parto.

No Brasil a taxa de prevalência de sífilis em gestantes é 1,6%. Com essa prevalência, em três milhões de partos realizados a cada ano calculam-se cerca de 48.000 gestantes com sífilis e a ocorrência de 12.000 casos de SC. Apesar de ser um agravo de notificação compulsória, apenas 30% desses são notificados por ano no Brasil.

O exame para sífilis é um direito da mulher durante o pré-natal e no parto, assegurado pelas portarias ministeriais 569/00 e 766/04, porém a maioria das mulheres desconhece esse direito.

No Brasil, no período de 2000 a 2005 houve 24.761 crianças internadas por SC, o que custou ao País mais de R$ 10 milhões, gastos esses que poderiam ter sido minimizados.

Em janeiro deste ano nova portaria (GM 156 de 19/01/06) determina a utilização da penicilina pelas Unidades Básicas de Saúde e demais unidades do SUS.

A despeito de tudo que foi descrito, o controle da SC continua sendo um desafio para os gestores e profissionais de saúde.
Em suma, são necessárias ações para o fortalecimento do Dia Nacional de Combate à Sífilis Congênita: caminhando para a eliminação da sífilis congênita, porque:



apesar de:
- existir protocolo para o manejo clínico laboratorial da doença,
- ser uma doença de fácil diagnóstico,
- existir a disponibilidade do diagnóstico na rede pública de saúde,
- ser uma doença curável com tratamento eficaz e de baixo custo,
- a medicação específica está disponível na rede pública de saúde,
- o pré-natal tem cobertura de mais de 90% no país,

ainda:
- existe a invisibilidade da sífilis como um problema de saúde pública,
- a população desconhece sinais e sintomas da sífilis,
- a população desconhece a gravidade e complicações da infecção para a criança,
- os profissionais nem sempre cumprem os protocolos estabelecidos,
- uma parcela considerável de gestores não mantém uma qualidade da atenção ao pré natal com fluxos de acesso a exames, resultados e tratamentos burocratizados, lentos ou inexistentes.



eliminação da sífilis congênita no Brasil – Eliminasífilis.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Hoje e Dia!


Parece que foi ontem. Correria no Hospital Geral de Cruzeiro do Sul. Tensão. Situação adversa por alguns motivos especiais. Mas ele chegou, tranquilo. E se chamou Joel Neto por merecimento.

Depois iluminou nossas vidas, no agitado cotidiano de uma família a procura de seu espaço. Foram varios destinos, como se fossemos hospedes do acaso.

No primeiro momento a falta de tempo era o maior vilão da historia. Mas logo mostrou que tinha personalidade própria. Fomos contruindo as lacunas que se deixará aberta para trás.

Na escola era a atração principal. Me esbaldava com as frases curtas do ingles aprendido na semana. Ou do ensaio para as frequentes festas organizadas pela escola em apresentação aos pais.

Aos 9 anos, fez sua primeira de muitas viagem a capital do estado do acre. Embalado por suas excelentes notas na extraordinaria passagem pela Escola São José.

Te amo, filho. Amo D+ !!!... Beijos

Reconhecendo a Luta!


A Deputada Federal Perpértua Almeida (PCdoB-AC) e o Deputado Federal Henrique Afonso (PV-AC) encaminharam o requerimento à Mesa Diretora da Câmara solicitando a inclusão na pauta da Ordem do Dia do projeto de lei que dispõe sobre a jornada de trabalho dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. A redução da jornada de 40 para 30 horas semanais, sem redução salarial, é uma antiga reivindicação dos profissionais de saúde de todo o Brasil.

Fonte:Câmara dos Deputados.

Logo Câmara dos DeputadosAcompanhamento de Proposições
Brasília, terça-feira, 11 de outubro de 2011
Prezado(a) Joel Correia de Queiroz Júnior, 
Informamos que as proposições abaixo sofreram movimentações. 
  • PL-02295/2000 - Dispõe sobre a jornada de trabalho dos Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares de Enfermagem.
- 10/10/2011Apresentação do Requerimento de Inclusão na Ordem do Dia n. 3458/2011, pelo Deputado Henrique Afonso (PV-AC), que: "Requer a inclusão na Ordem do Dia do PL nº 2.295, de 2000, que dispõe sobre a jornada de trabalho dos Enfermeiros,Técnicos e Auxiliares de Enfermagem. ".



Logo Câmara dos DeputadosAcompanhamento de Proposições
Brasília, quinta-feira, 06 de outubro de 2011
Prezado(a) Joel Correia de Queiroz Júnior, 
Informamos que as proposições abaixo sofreram movimentações. 
  • PL-02295/2000 - Dispõe sobre a jornada de trabalho dos Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares de Enfermagem.
- 05/10/2011Apresentação do Requerimento de Inclusão na Ordem do Dia n. 3426/2011, pelo Deputado Gean Loureiro (PMDB-SC), que: "Requer a inclusão na Ordem do Dia do Projeto de Lei 2295/2000, que dispõe sobre a regulamentação da jornada de 30 horas semanais para os trabalhadores de Enfermagem".
- 05/10/2011Apresentação do Requerimento de Inclusão na Ordem do Dia n. 3431/2011, pela Deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), que: "Requer a inclusão na Ordem do Dia do Projeto de Lei 2295/2000 que dispõe sobre a regulamentação da jornada de 30 horas semanais para os trabalhadores de Enfermagem".

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Dia das Crianças

Na década de 1920, o deputado federal Galdino do Valle Filho teve a idéia de criar" o dia das crianças. Os deputados aprovaram e o dia 12 de outubro foi oficializado como Dia da Criança pelo presidente Arthur Bernardes, por meio do decreto nº 4867, de 5 de novembro de 1924.

Mas somente em 1960, quando a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a "Semana do Bebê Robusto" e aumentar suas vendas, é que a data passou a ser comemorada. A estratégia deu certo, pois desde então o dia das Crianças é comemorado com muitos presentes!

Logo depois, outras empresas decidiram criar a Semana da Criança, para aumentar as vendas. No ano seguinte, os fabricantes de brinquedos decidiram escolher um único dia para a promoção e fizeram ressurgir o antigo decreto.

A partir daí, o dia 12 de outubro se tornou uma data importante para o setor de brinquedos.

Em outros países

Alguns países comemoram o dia das Crianças em datas diferentes do Brasil. Na Índia, por exemplo, a data é comemorada em 15 de novembro. Em Portugal e Moçambique, a comemoração acontece no dia 1º de junho. Em 5 de maio, é a vez das crianças da China e do Japão comemorarem!

Dia Universal da Criança

Muitos países comemoram o dia das Crianças em 20 de novembro, já que a ONU (Organização das Nações Unidas) reconhece esse dia como o dia Universal das Crianças, pois nessa data também é comemorada a aprovação da Declaração dos Direitos das Crianças. Entre outras coisas, esta Declaração estabelece que toda criança deve ter proteção e cuidados especiais antes e depois do nascimento.

"A melhor maneira de tornar as crianças boas, é torná-las felizes".Oscar Wilde


Fonte:









segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Caderneta de Saúde

Documento reúne informações e orienta adolescentes sobre vários itens ligados a saúde, bem estar e educação.
A caderneta de saúde dos adolescentes é resultado de uma longa jornada de pesquisas e estudos realizados pelo Ministério da Saúde. É um instrumento a mais que o profissional de saúde terá, para acompanhar passo a passo a saúde dos adolescentes, como também, viabilizar ações para prevenir a gravidez precoce, Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s e Aids) e combater a violência, entre outros.
Os profissionais obtiveram ainda mais conhecimento sobre o comportamento, necessidades e vulnerabilidades dos adolescentes com idade entre 10 e 19 anos.
A coordenadora municipal da saúde do adolescente da Secretaria Municipal de Saúde de Cruzeiro do Sul, Renata Barbosa da Silva, explica que as cadernetas foram confeccionadas e direcionadas para o homem e para mulher com informações peculiares de cada um. Ela explica que o trabalho de educação e conscientização dos adolescentes é fundamental para um bom desenvolvimento e estabilidade na vida adulta, por isso, a capacitação também envolveu professores.
A coordenadora estadual da saúde do adolescente, Gerlívia Maia, esteve a frente da capacitação e avalia que o documento será muito útil para o monitoramento da saúde desses jovens, inclusive contribuindo para autonomia deles.
A distribuição das cadernetas será feita sob a coordenação dos profissionais que atuam nos postos de saúde da família.
Fonte_Prefeitura Municipal de Cruzeiro do Sul

Campanha

Campanha