domingo, 12 de outubro de 2014

Dia da Criança

O responsável pela criação do dia das crianças foi o deputado federal Galdino do Vale Filho, na década de 1920. Após ter sido aprovada pelos deputados, a data de 12 de Outubro foi oficializada pelo presidente Arthur Bernardes, através do decreto no 4867, de 5 de novembro de 1924.

A data só passou a ser celebrada somente na década de 1960, momento que a fábrica de Brinquedos Estrela decidiu fazer uma promoção em conjunto com a Johnson & Johnson, com o lançamento da “Semana do Bebê Robusto” que tinha por objetivo aumentar as vendas. Logo depois outras empresas decidiram criar a Semana da Criança com o mesmo intuito. No ano seguinte, os fabricantes de brinquedo decidiram escolher um único dia para a promoção. A partir daí, o dia 12 de Outubro passou a ser uma das datas mais importantes do ano para o ramo de brinquedos.

O dia das crianças é a segunda data mais importante para o comércio, perdendo somente para o Natal.

A organização das Nações Unidas - ONU comemora o dia de todas as crianças do mundo em 20 de Novembro, data em que os países aprovaram a Declaração dos Direitos das Crianças.

No Japão, o dia é comemorado em 5 de Maio, para os meninos, com exposição de bonecos que lembram samurais, para as meninas a comemoração é no dia 3 de Março, com exposição de bonecas. A China também comemora no dia 5 de Maio.

Na Nova Zelândia a comemoração é no primeiro domingo de Março, diferencia-se de algumas comemorações por não ser um dia para presentes e sim um dia onde se passa tempo com a família, para rir e brincar.

Em Moçambique a celebração é no dia 1 de Junho, este foi instituído para assinalar o dia em que muitas crianças de pouca idade foram cruelmente assassinadas a sangue frio pelas forças nazistas em Junho de 1943.

Por Patrícia Lopes

sábado, 11 de outubro de 2014

Dia Mundial de Combate a Obesidade

Segundo dados de uma pesquisa do Ministério da Saúde feita em 2012, mais da metade da população acima de 18 anos tem sobrepeso (51%) e 17% são obesos, o que representa um a cada seis indivíduos.

O Rio de Janeiro está acima da média nacional: já são 71,9% dos cariocas lutando contra a balança, sendo que 19,5% deles são obesos.

Por isso a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia - regional RJ produziu um folder sobre os 10 Hábitos Saudáveis para toda a família.

Uma das orientações é em relação aos cuidados com os alimentos que contém calorias vazias.

Batatas fritas, nuggets, balas, chicletes, biscoitos (sobretudo os amarelos), refrigerantes e bebidas alcoólicas, contém muita caloria e corantes, além de uma quantidade irrisória de vitaminas e minerais essenciais para nossa saúde.

Uma dieta rica em calorias vazias pode levar ao ganho de peso, desnutrição, diabetes e outros problemas de saúde.

O folder sobre os 10 hábitos saudáveis será distribuído aos pacientes nos consultórios dos endocrinologistas cariocas.

O público também pode ter acesso às dicas no próprio site da entidade.

Para maiores informações Click aqui.

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Dia Mundial da Alimentação e Dia Mundial da Saúde Mental

A celebração é promovida em todo o mundo pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura - FAO. O tema escolhido para este ano visa esclarecer o assunto e o que pode ser feito para atenuar seu impacto sobre populações mais vulneráveis.
“Preço dos alimentos – da crise à estabilidade “
No Brasil, todos os anos a data é celebrada pelo Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - CONSEA juntamente com parceiros, órgãos públicos e privados e entidades da sociedade civil.
Neste ano, em todo o país, acontecerão atividades de 11 a 17 de outubro, consolidando a Semana Mundial da Alimentação. No dia 17 de outubro, a TV NBr transmitirá uma teleconferência sobre o Dia Mundial da Alimentação, com foco na 4ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional.
A teleconferência do dia 17 de outubro terá participação da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome -MDS e do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - CONSEA.
Preços dos alimentos – Variações nos preços dos alimentos, em especial a alta de preços, representam uma séria ameaça para a segurança alimentar e nutricional dos países em desenvolvimento. As populações carentes são as mais seriamente atingidas. De acordo com o Banco Mundial, entre 2010 e 2011, o aumento do preço dos alimentos deixou quase 70 milhões de pessoas na pobreza extrema em todo o mundo.
A FAO realiza anualmente o Dia Mundial da Alimentação em 16 de outubro. Trata-se do dia em que a organização foi fundada, em 1945. Entre os objetivos dessa ação, está o incentivo a uma maior atenção à produção agrícola em todos os países, estimular a cooperação econômica e técnica entre países em desenvolvimento, além de promover o sentimento de solidariedade nacional e internacional na luta contra a fome, a desnutrição e a pobreza.
Mais informações FAO
Este dia visa chamar a atenção pública para a questão da saúde mental global, e identificá-la como uma causa comum a todos os povos, ultrapassando barreiras nacionais, culturais, políticos ou socioeconômicas.

A Organização Mundial da Saúde considera a saúde mental uma prioridade e defende que a questão da saúde mental não é estritamente um problema de saúde.

Aumento dos casos de depressão

As perturbações de natureza mental estão a crescer e os distúrbios mentais, independentemente da sua gravidade, são uma das principais doenças incapacitantes do século XXI.

A depressão é a segunda causa de incapacidade na União Europeia. As doenças mentais e, particularmente a depressão, são o fator de maior risco de suicídio.

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Dia do Dentista

A primeira escola dentária, para formar dentistas, surgiu em 1840, em Baltimore, nos Estados Unidos.
Os dentistas são profissionais capacitados para tratar das gengivas, da boca, dos ossos da face e dos dentes, estruturas duras que utilizamos para mastigar os alimentos. É importante visitar esses profissionais de seis em seis meses, a fim de cuidar da integridade e higiene dos dentes, fazendo limpeza e profilaxia.
Os dentes variam de acordo com os hábitos alimentares de cada espécie. Os humanos têm capacidade para rasgar, prender e triturar os alimentos, para que os mesmos passem pelo tubo digestivo em tamanhos menores, aproveitando seus nutrientes e facilitando o processo digestivo.
Os seres humanos possuem 32 dentes, divididos em duas dentições. A primeira delas, durante a infância, é chamada de provisória ou “dentes de leite” e é constituída de apenas 20 dentes. O nascimento dos primeiros dentes acontece por volta dos seis meses de idade, indo até os trinta meses. Essa dentição é trocada, variando com a idade e o tipo de dente, até que todos eles sejam definitivos.
Os dentes humanos possuem diferentes funções. Os incisivos (dentes da frente) e os caninos (os pontudos) servem para morder os alimentos, fazendo a divisão dos mesmos; os pré-molares e os molares servem para triturar, cortar e esmagar os alimentos.
Por volta dos 17 anos de idade, nascem os dentes sisos, bem ao final das gengivas. Porém, esses não têm muita utilidade para o processo de mastigação e normalmente são extraídos para não causarem problemas, como entortar os outros dentes por falta de espaço. É difícil encontrar pessoas que possuam esses dentes.
A formação para o exercício dessa profissão tem duração de cinco anos, terminando o curso como clínico geral, capacitado para tratar cáries, fazer restaurações, projetar e instalar próteses, etc.. É um curso que requer muita dedicação e estudo, pois possui disciplinas como anatomia, patologia e fisiologia. Ao término da faculdade, o profissional poderá se especializar em áreas específicas, como cirurgião dentista, odontopediatria, periodontia, traumatologia (quando se machuca a boca), saúde coletiva, além de cuidar da parte estética da boca, dentre várias outras.
Antigamente os dentistas eram chamados de dentistas práticos, sem formação ou com pouco conhecimento, que não tratavam os dentes, mas faziam apenas a extração daqueles que estavam muito estragados. Normalmente eram barbeiros ou ambulantes, que trabalhavam em locais precários e sem a higiene necessária.
Hoje em dia a consciência sobre os tratamentos dentários mudou muito. Sabe-se da importância dos trabalhos preventivos, motivo pelo qual a saúde bucal deve começar ainda no recém-nascido, com o uso de cotonetes molhados em água limpa.
Os primeiros cursos de odontologia do Brasil surgiram no Rio de Janeiro e na Bahia, determinados pelo decreto nº 9.311, em 25 de outubro de 1884. Em nosso país, o dia do dentista é comemorado nessa data.
Por Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Hoje eh Dia...

Em dezembro de 1990, a Assembleia Geral da ONU incluiu o 1° de outubro no calendário de suas comemorações especiais. Estava estabelecido o Dia Internacional do Idoso, celebrado com o objetivo de promover a discussão sobre os direitos e condições de vida da terceira idade.
Para a coordenadora do Núcleo de Estudos da Terceira Idade (Neti) da Universidade Federal de Santa Catarina, Jordelina Schier, o dia é importante para trazer atenção ao tema: “Já conseguimos aumentar a expectativa de vida, o desafio agora é garantir a qualidade de vida durante a idade avançada”. O Neti desenvolve  diversos projetos com o objetivo de educar para o envelhecimento e fomentar o protagonismo da pessoa idosa.
Segundo a legislação brasileira, compõem o time da terceira idade pessoas com 60 anos ou mais, que hoje representam 13% da população total, de acordo com o Censo 2012. No entanto, com o crescente aumento da qualidade de vida no país, a expectativa é de que, em 2050, um em cada três brasileiros esteja com mais de 60 anos.
Para além dos números, a terceira idade chega cheia de desafios para aqueles que nela ingressam. A experiência de vida e a sabedoria adquirida ao longo dos anos confrontam-se com a falta de energia e mudanças inevitáveis no corpo. Apesar das diferentes circunstâncias dos idosos, em geral, o segredo para uma velhice saudável é manter-se ativo física e mentalmente: “A velhice é considerada a última etapa da vida, mas não pode ser encarada como fim”, afirma Jordelina.

Campanha

Campanha