sábado, 25 de junho de 2011

Chá da Tarde com a Secretária de Saúde

Com o intuito de esclarecer varias informações sobre a relação a ultima chamada dos aprovados do Edital de Convocação Pró-Saúde no. 17 de 07 de Junho de 2011 com Retificação datada de 10 de Junho de 2011 do Concurso da Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária do Acre - FUNDAPE o mais conhecido como Serviço Social de Saúde do Acre - PRÓ-SAÚDE.

O blog teve a grata satisfação de ser recebido pela Secretaria Estadual de Saúde e Superintendente do Pró-Saúde Suely Melo para uma entrevista exclusiva na ultima sexta (24), esclarecendo vários fatos que eram denomidados boatos.

Vamos iniciarmos pautando as informações:

- O Concurso do Pró-Saúde para a área da enfermagem realizado em medos do mês de Junho de 2009, provavelmente em negociações e assembleia decidirão para a prorrogação por mais um ano;

- Os 16 servidores da enfermagem chamados pelo Pró-Saúde do Edital de Convocação no. 17 de 07 de Junho de 2011, serão lotados pela Secretária Estadual de Educação locados na Secretária Adjunta de Educação do Vale do Juruá, no programa escolar denomiado "cuidador";

- Os Servidores do Pró-Saúde receberão um acrescimo de 6.15 percentuais em seus salários incorporado no mês de Julho  2011;

- A inauguração da Maternidade do Juruá se realizará na primeira quinzena de Agosto de 2011;


- O Serviço Social de Saúde do Acre - Pró-Saúde, NÃO ACABARA pois o mesmo e constituido em Lei Ordinária no. 2.031 de 26 de Novembro de 2008 de origem do Projeto de Lei no. 56 de 2008 de Autoria do Poder Executivo do Acre, postado no Diário Oficial do Estado do Acre no. 9.939 de 26 de Novembro de 2008.

Click aqui e veja a Lei 2.031 de 26 de Novembro de 2008.   

Quero agradeçer a Secretária Suely e sua Assessora Sra. Dora pela gentileza de nós receber e a exclusividade de esclarecer várias informações sobre a enfermagem do estado e principalmente do Vale do Juruá.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Governo vai lançar exame de mama itinerante

Ideia é usar aparelho móvel onde falta teste.

O Ministério da Saúde lançará programa para dar atendimento itinerante em exames de mamografia. "Mamógrafos móveis" percorrerão regiões onde o teste é escasso por falta de equipamento.


A pasta realizou um censo, ao qual a Folha teve acesso, com todos os 1.514 aparelhos disponíveis via rede SUS (Sistema Único de Saúde). 


No levantamento, detectou que mamógrafos funcionam 50% abaixo de sua capacidade. Ou seja: segundo o ministério, o número de equipamentos seria suficiente para dobrar esse tipo de teste no país.


O parâmetro oficial sobre a quantidade ideal é de um mamógrafo para cada 240 mil habitantes.

Entre as causas da "baixa produtividade" apontada no levantamento estão problemas com manutenção, falta de técnicos especializados para multiplicar o atendimento, falhas no processamento de imagens, escassez de insumos e infraestrutura inadequada.

O ministro Alexandre Padilha diz que uma das soluções em curso no ministério é descentralizar o atendimento, já que boa parte dos aparelhos para atendimento está em cidades maiores.

A ideia é investir em centros onde não há mamógrafos e chegar às pequenas e médias cidades do país com "mamógrafos móveis".

Fonte_COFEN

terça-feira, 21 de junho de 2011

Desenvolvimento Brasileiro

Um teste rápido para Aids desenvolvido por pesquisadores brasileiros chega à rede pública no próximo semestre. O exame é bem mais barato do que os atuais, e confirma a presença do vírus HIV em 20 minutos.

É o teste mais rápido do mundo capaz de confirmar a presença do vírus. Foi desenvolvido por pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz e começará a ser utilizado nos cerca de 600 laboratórios públicos e centros de teste que existem no país. O novo kit vai substituir os exames importados, que são muito mais caros e demorados.

Fonte_Band

sexta-feira, 17 de junho de 2011

campanha de Vacinação

O Brasil possui campanhas de prevenção de doenças extremamente eficiente. A cada ano a publicação e a divulgação de vacinação, seja contra qualquer doença, é sempre muito importante, só depende da população se conscientizar da importância que tem se prevenir de doenças que podem afetar severamente o nosso organismo. Todo o ano acontece diversos mutirões de ajuda à população mais carente e juntamente com esses mutirões, muitos profissionais da saúde ajudam a combater as doenças mais comuns e de fácil contágio. Esse ano haverá a Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantile é extremamente importante que todos os responsáveis pelas crianças, se encaminhem ao posto de saúde mais próximo para vacinar seus filhos e outras crianças menores que pertençam a família.

A Paralisia Infantil ou a Poliomielite, como também é conhecida, é uma doença contagiosa que ocorre através da contaminação por um poliovírus muito potente. É chamada de Paralisia infantil, pois a sequela deixada pela contaminação do vírus é paralisia, principalmente de membros inferiores. Além de deixar sequelas graves, a Paralisia Infantil também pode levar a morte. Atinge principalmente crianças de até 5 anos, mas pode também atingir a adultos, em casos mais raros. A poliomielite é transmitida através do vírus que está contido em fezes e a pessoa é infectada através da boca, após a fala, tosse ou espirro de uma pessoa infectada.
A Paralisia Infantil atinge mais crianças de classe social baixa, pois no local de suas moradias não há saneamento e o higiene pessoal é extremamente precária, favorecendo no contágio de diversas crianças. O período em que a doença leva para se desenvolver é de 7 a 12 dias, podendo ser transmitida durante esse período. No começo, a criança infectada não apresenta sintomas e quando começa a atingir de verdade aparece os seguintes sintomas: instalação súbita da deficiência motora, febre, paralisia, principalmente dos membros (com mais freqüência, os inferiores), flacidez muscular e diminuição ou ausência de reflexos profundos na área paralisada
Para evitar o contágio da doença, só através de moradia melhores com saneamento apropriado juntamente com a vacinação. Isso garante a proteção contra a doença por toda a vida, através da prevenção.
Campanha contra a Paralisia Infantil teve início dia 13 de junho (segunda-feira) e termina dia 20 de junho. A vacinação é feita através de postos montados e de mutirões feitos por diversas pessoas.
A vacina é via oral e é chamada Sabin. São três doses com o intervalo de 30 dias entre cada dose. Uma vez vacinada, a criança não correrá o risco de ser infectada pela doença. Se informe no posto de saúde mais próximo de você e saiba como proceder para realizar a vacinação nos seus filhos e crianças que façam parte da família.
Não deixe pra ultima hora.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Dia D!

Hoje no inicio da manhã na capital do Vale do Juruá sindicatos realizaram uma passeata no centro da cidade para reivindicarem melhorias salariais e mostrar a insatisfação dos servidores como o governo. Click aqui e leia mais sobre a manifestação.

Leia também o que aconteceu na manifestação que ocorreu na capital do estado do acre. Click aqui.

Lei a materia sobre a bela recepção prestada ao servidores do estado na Assembléia Legislativa do Estado do Acre. Click aqui.

Fique por dentro do acordo feito com os deputados na Assembléia deliberando sobre sobre novas e mais intensas manifestação. Click aqui.


domingo, 12 de junho de 2011

Empreendimento Regional

A Cooperativa dos Trabalhadores em Saúde do Vale do Juruá - CoopSaúde/Czs, com intuito de dar suporte técnico em algumas áreas especificadas, realizou nos dia 07 e 08 de Junho as primeiras de muitas Palestras no programa educação continuada.
Iniciamos na área do Trauma com o renomado medico Cirurgião Geral Dr. Oscar Espellet e na área da Cardiologia Dra. Delcidia Rodrigues.





















NECESSIDADE HUMANA
Em primeiro lugar somos seres humanos e dessa forma, criticamos, analisamos, desconfiamos, estamos a mercê de vários "amos". Desde o começo, temos conosco o costume, a família, a fome, a caça, tudo envolve a palavra NECESSIDADE. O nosso cotidiano é tão agitado que passamos despercebidos de fatos simples, ou mesmo os muito importantes. Sendo assim, o mundo gira em torno de nós e quando nos damos conta já aconteceu. Num mundo que se diz globalizado, nada se espera, tudo acontece muito rápido. Hoje devemos atuar prestando muita atenção à Teoria do Caos, segundo o psiquiatra Roberto Shinyashiki:
"Devemos trabalhar como um surfista, pois este, atua com as nuances. O surfista não pega todas as ondas, só aquelas que realmente podem proporcionar um bom surfe. O surfista desenvolve uma percepção a partir de determinados fatores como: o vento, a marola da onda, as correntes marítimas, sua prancha, etc"
As características de mudanças devem ser graduais e tendenciosas, pois só assim conseguiremos o condicionamento necessário para uma percepção natural dos fatos do passado, do presente e do futuro. Com a nossa percepção mais apurada podemos ter um censo mais analítico e previsível dos fatos.
Temos em nosso glossário palavras como: comodismo, preguiça, burrice, mentira e outras, que nos rodeiam a todo instante. Devemos criar novos modelos mentais e desenvolve-los, pois, o condicionamento leva a satisfatória mudança de comportamento.

Uma nova forma de pensar e de racionar leva muitas pessoas a rever seus valores e suas identidades. Cabe muitas das vezes às próprias pessoas identificar as novas tendências, pois as informações estão cada vez mais acessíveis nos meios de comunicação. Hoje em dia, mais do que nunca, há extrema necessidade das pessoas agregarem cada vez mais conhecimentos, seja de forma prática ou teórica.
O contexto de um SISTEMA COOPERATIVISTA investe muito num trabalho social, uma vez que desenvolve uma mudança comportamental, juntamente com uma consciência mais responsável por parte do profissional associado. A oportunidade em desenvolver uma atividade pelo sistema cooperativista é uma experiência bem inusitada, devido ao grande aprendizado que você faz de si mesmo. Esse sistema bem desenvolvido permite a auto-avaliação dos associados perante suas atividades como profissional e como ser humano.
Esperamos com algumas palavras trazer momento de reflexão e informação, tão necessárias no nosso cotidiano.
Saudações Cooperativistas!

Nota de Repudio


Click aqui e veja a matéria completa sobre a portaria publicada Secretaria de Atenção à Saúde - SAS no. 248 de 02 de Junho de 2011, do Ministério da Saúde.
Click aqui e leia a portaria.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Agradecimentos

"Mesmo que tivesse em minhas mãos todo o perfume das rosas, toda a beleza do céu, toda a pureza dos anjos, toda a inocência das crianças, toda a grandeza do mar, toda a força das ondas, mesmo que eu tivesse todas as coisas belas da vida e todos os belos lugares do mundo nada teria sentido se eu não tivesse o presente mais valioso, mais nobre e mais sagrado que Deus pode me dar... A amizade de vocês!!! Eu só tenho a agradecer por vocês existirem em minha vida!!!"

domingo, 5 de junho de 2011

Risco de uma batida na cabeça

As crianças se movimentam, brincam e correm. Devido a sua imaturidade mental assumem alguns riscos físicos sem medir bem as consequências. Frequentemente sofrem acidentes. A maioria delas alguma vez recebeu de outra criança um golpe na cabeça ou eles mesmos bateram sozinhos. Tudo isto é normal que aconteça.
O que já não é tão normal - e, além disso, desaconselhável e arriscado - é que os pais não tomem precauções para reduzir o perigo físico que suas crianças correm e ignorem que medidas devem tomar diante desses traumatismos na cabeça, que são "normais" e a maioria das vezes sem grande consequências, mas nem por isso estão isentos de riscos.
Ensinar aos pequenos aquilo que é permitido fazer e aquilo que não, assim como os perigos de certas atividades e proteger suas cabeça com capacetes quando realizarem algum jogo ou atividade esportiva, como andar de bicicleta ou de patins, são algumas medidas elementares para prevenir um problema que causa 20% de consultas pediátricas de urgência: as pancadas no crânio.
Segundo dados dos Institutos Nacionais da Saúde (NIH, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, a cada ano, milhões de pessoas sofrem um traumatismo na cabeça. A maioria destas lesões são leves, porque os ossos do crânio proporcionam uma proteção considerável ao cérebro. Os sintomas do golpe também são menores e geralmente desaparecem por si sós.
No entanto, de acordo com o NIH, mais de meio milhão de traumatismos cranianos por ano são suficientemente severos a ponto de requerer uma hospitalização e um tratamento médico urgente, por isso que aprender a reconhecer um traumatismo craniano grave e administrar os primeiros socorros básicos pode fazer a diferença entre salvar a vida de uma pessoa ou não.
Pancada na cabeça? Aja rápido!
"Para se assegurar de que quem bateu a cabeça não terá consequências graves ou fatais, devem ser tomados certos cuidados, embora não apresente sintomas nem tenha ficado inconsciente e pareça estar bem inicialmente", segundo o médico Greg O'Shanick, da Associação Americana para a Lesão Cerebral (BIAA, em inglês), em Washington.
Segundo o especialista americano é imprescindível permanecer com a pessoa que bateu a cabeça, não deixá-la sozinha, ou pelo menos se assegurar de que sempre haja alguém presente, cuidando dela e observando suas mudanças de comportamento.
No caso de quem bateu a cabeça ficar sonolento, irritável ou confuso, pareça bêbado, repita coisas ou tenha dificuldades para caminhar e falar, O'Shanick recomenda levar a pessoa imediatamente a um serviço médico de urgência, para que a situação seja avaliada.
Segundo o especialista da BIAA, além dos idosos, quem toma anticoagulantes ou sofre uma intoxicação, um dos grupos de risco com o qual é preciso ter um cuidado especial são as crianças, porque elas têm maiores possibilidades de sofrer uma lesão cerebral.
De acordo com o pediatra Miguel Bermejo Pastor, da Associação Espanhola de Pediatria de Atenção Primária (AEPAP), "os traumatismos crânio-encefálicos são problemas ou preocupações frequentes desde muito tenra idade e há poucas mães que não tenham consultado seu pediatra para perguntar o que fazer quando seu filho sofre um golpe na cabeça. A metade dos TCEs (traumatismos crânio-encefálicos) acontecem em menores de 15 anos".
Por María Jesús Ribas
Da EFE

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Enfermagem no Juruá: Empreendedorismo Regional

Enfermagem no Juruá: Empreendedorismo Regional: "Convidamos a todos os estudantes universitários, técnicos, trabalhadores da saúde e toda sociedade em geral para a programação de Cursos/P..."

Empreendedorismo Regional



Convidamos a todos os estudantes universitários, técnicos, trabalhadores da saúde e toda sociedade em geral para a programação de Cursos/Palestrados que se realizará nos dias 07 e 08 de Junho do corrente ano, no Teatro dos Nauás.


Programação dos Cursos

07 de Junho de 2011 as 19:30hs
Dr. Oscar Espelet
Urgência e Emergência em Trauma
Enfermeiro Evandro Pincineli

08 de Junho de 2011 as 19:30hs
Dra. Delcídia Rodrigues
Ressuscitação Cárdio Pulmonar
Enfermeiro Edir Clemente

Distribuídos nos seguintes valores:
Estudante de Enfermagem – R$ 20,00 – apresentando a carteira de estudante;
Estudante de Técnico de Enfermagem – 20,00 – apresentando a carteira;
Técnicos de Enfermagem – R$ 25,00
Enfermeiros – 30,00
Sociedade em geral – R$ 25,00

Coordenação CoopSaúdeCZS

Francisca Djanira – Presidente
Cleiton Costa – Vice
Joel Queiroz – Tesoureiro
Edir Clemente – Presidente Conselho de Ética

Para maiores informação coopsaudeczs@hotmail.com 99742714 / 99717746 / 99963647 / 99797110

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Frase Indigesta!

No dia de Hoje na Assembléia Legislativa do Estado do Acre ficou indigesto o modo com que o governo anunciou o reajuste salarial no dia de ontem. Click aqui e leia a reportagem do chilique do lider do governo na Assembléia.
A partir de hoje oito sindicatos inclusive o SPATE e o SINTESAC estão se mobilizando com todas as clases para uma pluralização no dia 14 de Junho. Click aqui e leia toda materia publicada no AC24hs.

Campanha

Campanha