quinta-feira, 23 de junho de 2011

Governo vai lançar exame de mama itinerante

Ideia é usar aparelho móvel onde falta teste.

O Ministério da Saúde lançará programa para dar atendimento itinerante em exames de mamografia. "Mamógrafos móveis" percorrerão regiões onde o teste é escasso por falta de equipamento.


A pasta realizou um censo, ao qual a Folha teve acesso, com todos os 1.514 aparelhos disponíveis via rede SUS (Sistema Único de Saúde). 


No levantamento, detectou que mamógrafos funcionam 50% abaixo de sua capacidade. Ou seja: segundo o ministério, o número de equipamentos seria suficiente para dobrar esse tipo de teste no país.


O parâmetro oficial sobre a quantidade ideal é de um mamógrafo para cada 240 mil habitantes.

Entre as causas da "baixa produtividade" apontada no levantamento estão problemas com manutenção, falta de técnicos especializados para multiplicar o atendimento, falhas no processamento de imagens, escassez de insumos e infraestrutura inadequada.

O ministro Alexandre Padilha diz que uma das soluções em curso no ministério é descentralizar o atendimento, já que boa parte dos aparelhos para atendimento está em cidades maiores.

A ideia é investir em centros onde não há mamógrafos e chegar às pequenas e médias cidades do país com "mamógrafos móveis".

Fonte_COFEN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Campanha

Campanha