terça-feira, 29 de julho de 2014

SUS atualizado

Vacina contra hepatite A entra no calendário do Sistema Único de Saúde

A vacina contra o vírus da hepatite A será incluso no Calendário Nacional de Vacinação do Sistema Único de Saúde - SUS a partir deste mês. A imunização vai ser direcionada a crianças menores de 2 anos ( 1 ano, 11 meses e 29 dias). A meta do ministério é atingir 95% desse público, o que totaliza três milhões de crianças.

A vacina já está disponível nas unidades básicas de saúde pública de 11 estados (Acre, Rondônia, Alagoas, Ceará, Maranhão, Piauí, Pernambuco, Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul) e do Distrito Federal, segundo o ministério.
Com a vacinação contra a hepatite A, o Ministério da Saúde passa a oferecer, de graça, 14 vacinas de rotina no calendário. Ainda segundo o ministério, com a nova vacina, o Brasil passa a ofertar todas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS)
A principal forma de contágio da doença é a fecal-oral, por contato entre as pessoas infectadas ou por meio de água e alimentos contaminados.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais

A partir de iniciativa e propostas brasileiras, a Organização Mundial de Saúde (OMS), durante Assembleia Mundial da Saúde realizada em maio de 2010, instituiu a data de 28 de julho como o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais.

Desde então, o Ministério da Saúde, por meio do seu Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Vigilância em Saúde, vem cumprindo uma série de metas e ações integradas de prevenção e controle nos níveis de gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) para o enfrentamento das hepatites virais no Brasil.

domingo, 27 de julho de 2014

Dia Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho

No dia 27 de julho comemoramos o dia nacional de prevenção de acidentes do trabalho. Como todas as datas estipuladas, ela foi escolhida para conscientizar e lembrar as pessoas da importância de estarem sempre seguros e protegidos na hora de desempenhar suas tarefas no trabalho seja qual for a profissão.

E pra mostrar que o Brasil preza pela segurança dos trabalhadores, fomos o primeiro país a ter um serviço obrigatório de segurança e medicina do trabalho em empresas com mais de 100 funcionários, e essa iniciativa aconteceu a partir do decreto do dia 27 de julho de 1972, feito pelo então ministro do trabalho Júlio Barata.

Cabe principalmente as empresas fornecerem equipamentos e condições seguras de trabalho para seus funcionários. Mas a garantia de um trabalho seguro depende também da responsabilidade dos trabalhadores, seguindo as regras determinadas que garantam a prevenção de acidentes.

Vamos juntos garantir a saúde e bem-estar dos funcionários, fornecendo esses subsídios para um trabalho digno e seguro, garantindo assim que o Brasil tenha ambientes saudáveis e seguros para os milhões de trabalhadores.

sábado, 26 de julho de 2014

A luta continua e a pressão nos parlamentares não pode parar!

Veja abaixo a lista com o e-mail dos 8 deputados federais do Estado do Acre.
O Blog orienta a categoria a enviar mensagens cobrando a presença dos parlamentares nas sessões dos dias 5 e 6 de agosto e que votem SIM o PL 2295/00 – que regulamenta a jornada de trabalho da enfermagem em 30 horas semanais.
PARLAMENTAR                     PARTIDO                  E-mail
GLADSON CAMELI                     PP                     dep.gladsoncameli@camara.leg.br
SIBA MACHADO                          PT                      dep.sibamachado@camara.leg.br
TAUMATURGO LIMA                  PT                      dep.taumaturgolima@camara.leg.br
HENRIQUE AFONSO                PV                      dep.henriqueafonso@camara.leg.br
PERPETUA ALMEIDA               PCdoB               dep.perpetuaalmeida@camara.leg.br
FLAVIANO MELO                       PMDB                 dep.flavianomelo@camara.leg.br
ANTÔNIA LUCIA                        PSC                    dep.antonialucia@camara.leg.br
MARCIO BITTAR                        PSDB                 dep.marciobittar@camara.leg.br
                          


sexta-feira, 25 de julho de 2014

Criação do Ministério da Saúde

Ministério da Saúde, no Brasil, corresponde ao setor governamental responsável pela administração e manutenção da Saúde pública do país.

O primeiro Ministério com ações na área da saúde foi criado em 1930, durante o governo de Getúlio Vargas, com o nome de Ministério dos Negócios da Educação e Saúde Publica.

Em 1937 passou a se chamar Ministério da Educação e Saúde.

Em 25 de julho de 1953 fica como Ministério da Saúde.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Parabéns ao Deputados...

A Comissão Constituição e Justiça e de Cidadania - CCJ da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (15), proposta que fixa a carga horária máxima de trabalho dos psicólogos em 30 horas semanais, proibindo ainda a redução de salário. Como já foi aprovado pelo Senado, o texto deve seguir agora para a sanção da presidente da República, Dilma Rousseff, exceto se houver recurso.
Click aqui para ler a materia na integra.


Enfermagem....
O Conselho Federal de Enfermagem está na Câmara dos Deputados, na campanha pela votação do Projeto de Lei 2295/2000 – PL 30h, que regulamenta a jornada de trabalho dos profissionais de Enfermagem em 30h semanais.

Pra Entender.....
O projeto está na pauta do dia, e ainda podia ser votado nesta terça (15) agora passa pra quarta-feira (16). Segunda-feira (14) não houve quórum de votação. Ficou definido pelos líderes que compõem o Grupo de Trabalho das 30h fazer uma Emenda Substitutiva Global ao PL que limita à 30h semanais a duração máxima da jornada de trabalho, além do escalonamento da implantação da jornada de forma progressiva em até 5 anos, conforme negociação coletiva no setor privado e regulamentada por decreto no setor público. A Câmara realiza esforço concentrado de votação nesta semana, antes do recesso parlamentar.
Profissionais, participem dos esforços para aprovação do PL 30h, reivindicação histórica dos profissionais de saúde!
Envie sua solicitação pelo Link ou liguem no telefone 0800-619619.




domingo, 13 de julho de 2014

Dia do Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA e do Engenheiro de Saneamento

Hoje também Domingo (13) também se comemora o Dia do Estatuto da Criança e do Adolescente. Idealizado pelo Governo Federal através da Lei Federal Nº 8.069/93, o Estatuto estabelece os direitos e deveres de menores de 18 anos e garante os direitos dessas crianças e adolescentes em todo o País, principalmente nas áreas de educação, saúde, trabalho e assistência social. O cumprimento dessa lei é uma tarefa para toda a sociedade. O futuro dos jovens brasileiros é uma responsabilidade de todos.

No Brasil, existem mais de 60 milhões de crianças e adolescentes de até 18 anos. Desse total, segundo o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), 27 milhões têm seus direitos negados. Cerca de cinco milhões de crianças trabalham como gente grande, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. São horas sem brincadeiras e sem sorrisos. O trabalho só é permitido a partir dos 16 anos, mas, na prática, essa determinação não é cumprida.

Os jovens representam a faixa da população que mais sofre com a pobreza no Brasil. Enquanto 30% dos brasileiros são considerados pobres (pessoas que vivem com rendimento mensal familiar de até ½ salário mínimo per capita), entre as pessoas de 0 a 17 anos este porcentual sobe para 46%. 97,6% das crianças e adolescentes entre 7 e 14 anos estão matriculados na escola, o que representa cerca de 27 milhões de estudantes. Esses 2,4% podem parecer pouco, mas representam 680 mil crianças fora da escola. É mais do que a população do Suriname. E desse total fora da escola, 66% (450 mil) são negras.

 Entre as crianças de 4 a 6 anos, aproximadamente uma em cada quatro estão fora da escola. 64% das crianças pobres não vão à escola durante a primeira infância. A mortalidade infantil, apesar da redução em 50% nos últimos 18 anos, ainda é alta: são 23 mortes para cada mil crianças nascidas vivas. As crianças pobres têm mais do que o dobro de chance de morrer, em comparação às ricas, e as negras, 50% a mais, em relação às brancas.

Em média, 16 crianças e adolescentes são assassinados por dia no País. Nas duas últimas décadas, o número de homicídios de adolescentes (15 a 19 anos) aumentou quatro vezes. Dados do II Congresso Mundial contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes indicam que 100 mil crianças e adolescentes são vítimas de exploração sexual no País.

Todos os cidadãos e empresas podem ajudar para mudar o panorama da infância e da adolescência no Brasil. A Lei que criou o Estatuto permite que os contribuintes do Imposto de Renda destinem parte de seu imposto devido para os Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente. Pessoas físicas podem destinar até 6% de seu IR devido e pessoas jurídicas podem destinar até 1%.

A doação é realizada por intermédio do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente - municipal, estadual ou nacional.

O Dia do Engenheiro de Saneamento trata da exploração e do uso da água, assim como também com projetos e obras de saneamento, seja ele básico ou geral. Este profissional deve ter formação nas áreas ambientais de hidráulica, hidrologia e de recursos hídricos. 
Ele trabalha no planejamento e orientação do uso da água de bacias hidrográficas. Pode também elaborar projetos de redes de água e de esgotos, irrigação e drenagem. O Engenheiro de Saneamento pode ainda atuar no tratamento de águas poluídas ou contaminadas.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Dia da Saúde Ocular


No dia 10 de julho é comemorado o Dia da Saúde Ocular. Sendo um dos sentidos mais importantes, a visão requer alguns cuidados e, antes de qualquer coisa, a prevenção é fundamental. Tomando-se os devidos cuidados, as principais doenças da visão podem ser evitadas. 


Embora a realização de exames preventivos regularmente não seja um habito muito cultivado, muitas pessoas têm problemas de visão e não sabem, o que pode prejudicar sua situação, podendo levar até mesmo à cegueira. Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde, aproximadamente 314 milhões de pessoas têm algum tipo de deficiência visual em todo o mundo, sendo que 45 milhões delas são cegos. Mais de 75% poderiam ser evitados ou curados. Daí, a importância dos exames preventivos, já que muitas doenças oculares são pouco perceptíveis em estágios iniciais. A prevenção é fundamental para diagnosticar e tratar doenças visuais e evitar qualquer perda visual. Exemplos de doenças graves que só podem ser diagnosticadas por especialistas são o glaucoma, que consiste no aumento da pressão interna do olho, podendo causar perdas visuais irreversíveis, e o ceratocone, que é uma alteração na córnea que provoca a diminuição da visão. 

Cuidar da visão deve ser um hábito observado desde muito cedo. Doenças como hipermetropia,  miopia,  estrabismo e retinopatia da prematuridade podem ser diagnosticadas desde o nascimento. A partir da adolescência e até os 40 anos, o cuidado deve ser intensificado. Além de algumas disfunções comuns, é importante destacar que cerca de sessenta milhões de pessoas sofrem de problemas visuais devido ao uso do computador. Estima-se, ainda, que este número vem aumentando em um milhão a cada ano. Indicações médicas alertam que, para cada 40 minutos do uso do computador, deve-se dar um descanso de 10 minutos para os olhos. O monitor do computador deve permanecer a 50 ou 60 cm de distância e um pouco abaixo da linha dos olhos. Alguns sintomas da presença de problemas, decorrentes do uso incorreto do computador, são olhos secos, vermelhos e irritados, dores de cabeça, dores nas costas e no pescoço e dificuldade de focalização. 

Vale lembrar que nossa visão pode sofrer alterações naturalmente com o passar dos anos. Pode-se desenvolver dificuldade para diferenciar tons de verde e azul, problemas para focalizar objetos próximos, ou mesmo a necessidade de maior luminosidade para ler. Por isso, a prevenção, através da realização de exames periódicos será fundamental para resolver eventuais problemas. Existem muitos produtos e tratamentos que podem nos ajudar a manter uma visão de boa qualidade ao longo da vida. 

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Dia do Hospital

O dia do hospital é comemorado em 02 de julho, data na qual foi fundada a Santa Casa de Misericórdia da cidade de Santos, um dos maiores hospitais do Brasil, no ano de 1945, pelo governo do presidente Getúlio Vargas.

O hospital público é um local que oferece serviços médicos gratuitos e obrigatórios, pois está determinado pela constituição do nosso país que a saúde é direito de todos e dever do Estado.

Os atendimentos podem variar entre consultas, curativos, exames, serviços laboratoriais, tratamentos, e outros.

Algumas unidades prestam serviços de pronto-socorro (atendimento imediato) para acidentados ou pessoas que estejam em crise, passando muito mal, com convulsões, cólicas renais, desmaios, dores fortes, etc. A eficiência dos médicos e outros profissionais deve ser de muita qualidade, pois a rotatividade de pacientes é bem grande. Existem ainda unidades que prestam serviços especializados, como pediatria, cardiologia, neurologia, maternidade, ortopedia, dentre outros.

Um hospital não pode ser implantado em qualquer local, pelo contrário, suas instalações devem ser adequadas, amplas e arejadas, necessitando de estrutura física e humana adequada, com enfermarias, leitos próprios, farmácia interna, lavanderia, cozinha e restaurante, capela, além de um sistema de limpeza adequado para se fazer a desinfecção do local, evitando as infecções hospitalares.

O primeiro hospital do Brasil foi fundado por Braz Cubas, no dia primeiro de janeiro de 1545. Como este dia é conhecido por ser o dia de todos os santos, o hospital recebeu o nome de Hospital de Todos os Santos. A cidade de Santos, em São Paulo, recebeu esse nome por causa do hospital.

Registros históricos mostram que o primeiro hospital do mundo foi construído na Índia, entre os anos 273 e 232 a.C. Mas somente entre os séculos XVIII e XIX que passaram a ser de responsabilidade do governo.

O Hospital das Clínicas, da faculdade de medicina da Universidade de São Paulo, é a maior unidade hospitalar do Brasil, tendo sido fundado em 19 de abril de 1944. Mas a unidade mais bem equipada do país é da rede privada, o Hospital Israelita Albert Einstein, também em São Paulo, tendo sido preparado para receber pacientes vítimas de acidentes nucleares ou de guerras químicas em pronto-socorro.

Por Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia

Campanha

Campanha