sábado, 7 de outubro de 2017

Outubro Rosa

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo.
O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades.
Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.
Para mais informações Outubro Rosa

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

ELEIÇÕES COREN/AC 2017


O Conselho Federal de Enfermagem informa do encerramento do prazo para a justificativa das abstenções nas eleições dos Conselhos Regionais, realizadas em 01 de Outubro de 2017.

Conforme o Código Eleitoral, o voto é obrigatório e os profissionais registrados em mais de uma categoria devem votar em todas elas.

Aqueles que não puderam votar têm ate dia 03 de Outubro 2017.



terça-feira, 3 de outubro de 2017

ELEIÇÕES COREN/AC 2017

Talvez não existam palavras...
Suficientes e significativas que me permitam agradecer por confiarem nesse projeto chamado Enfermagem, com justiça, com o devido merecimento, aquele objetivo coletivo que tanto falava está hoje sendo realizado. Cada sim e não que recebi, foram para mim de valor inestimável, para continuar lutando pelo que acredito.
O Que acredito?
Em pessoas, na minha profissão que dedico a minha vida, mas é tudo o que me resta. 
Apenas posso me expressar através da limitação de meras palavras, e com elas lhe prestar esta humilde, mas sincera, homenagem.

Muito obrigado! Com todo o carinho e de coração eu agradeço meus nobres colegas, amigos e Futuras Conselheiras da Gestão 2018/2020, e pelo resto da minha vida lhes agradecerei!
Enfermagem obrigado por confiar na nossa família Chapa 2 do Nível médio..

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

ELEIÇÕES COREN/AC 2017


O resultado das eleições para compor o novo plenário do Conselho Regional de Enfermagem já está disponível. Acesse a página de eleições e confira o resultado das eleições em seu COREN.

“Parabenizamos as chapas eleitas. Que a nova gestão contribua para fortalecer a Enfermagem brasileira, unido os profissionais em defesa da nossa profissão e da Saúde coletiva”, parabenizou o presidente do COFEN, Manoel Neri.
Para garantir a transparência, a apuração foi acompanhada por fiscais credenciados das chapas participantes, na sede do COFEN, e transmitida ao vivo pela internet, por meio da páginas institucional do Facebook.
Fonte_COFEN




sábado, 30 de setembro de 2017

ELEIÇÕES COREN/AC 2017

ELEIÇÕES COREN/AC 2017

01 de Outubro - DOMINGO
VEJA COMO VOTAR
Primeiros Passos

2. Clique em OBTER SENHA.
3. Por motivo de segurança ao receber a senha por e-mail ou SMS, retorne ao site e faça a alteração da sua senha, clicando em TROCAR SENHA.

Processo de Votação
2. Faça seu login com o número do seu Coren ou CPF, e insira sua senha.
3. Escolha CHAPA 2 e clique em confirmar.
4. Depois, salve ou imprima o comprovante de Votação.

A enfermagem que você quer, depende do seu voto.
Vote consciente!
CHAPA 2

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

ELEIÇÕES COREN/AC 2017



Apuração da eleição 2017 será aberta a integrantes das chapas



Apuração terá início no dia 2, às 10h, na sede do COFEN, e também será transmitida pela internet

A apuração da Eleição 2017 do COFEN/Conselhos Regionais terá início no dia 2 de outubro de 2017 às 10h no Auditório da Sede do COFEN em Brasília/DF. Para fins de transparência, a apuração será aberta a inscrição de membros das chapas participantes, entretanto, devido a limitação de lugares, será permitida a inscrição de um membro por chapa concorrente.
A inscrição deverá ser feita pelo e-mail apuracao.cofen@cofen.gov.br e deverá conter o nome do representante da chapa, o número da chapa representada e o respectivo COREN. Por exemplo: Fulano de Tal, Chapa 1 – COREN. Por motivos de segurança, apenas o membro da chapa devidamente inscrito para a apuração poderá permanecer nas dependências do COFEN. Os candidatos que não conseguirem se inscrever ou não puderem comparecer, poderão acompanhar a apuração ao vivo por meio da internet.
A apuração também será gravada e estará disponível a todos os interessados. No dia da eleição, 1º de outubro, a partir das 8 horas, o GTAE, Assessores Jurídicos e funcionários da DTIC/Cofen estarão de plantão na sede do COFEN.
Fonte_COREN/MS

sábado, 2 de setembro de 2017

ELEIÇÕES COREN/AC 2017


Dia 1º de outubro de 2017 serão realizadas as eleições para a composição do Plenário 2018/2020 do Conselho Regional de Enfermagem do Acre - COREN/AC. O voto é obrigatório para todos os inscritos na autarquia detentores de inscrição definitiva e inscrição remida.
Só poderão votar os que não estiverem em débito com o Conselho, sendo que dia 1º de setembro foi a data limite para que os profissionais de enfermagem que estivessem em débito com o Conselho regularizassem sua situação para votar nas Eleições COREN/AC 2017. 
Para fins de averiguação da regularidade foram considerados:
a) débitos quitados;
b) parcelamentos realizados pessoalmente, na sede ou subseções, mediante assinatura do termo de parcelamento;
c) Os parcelamentos realizados por telefone ou através do portal do inscrito somente serão validados após o pagamento da primeira parcela de cada acordo. 
A votação será realizada pela internet e, para votar, uma senha será enviada pelo COFEN por e-mail e SMS.
E se eu não receber a senha de votação?
A senha será encaminhada a todos os profissionais com e-mail e telefone atualizados. Caso não receba sua senha entre os dia 25 e 29 de setembro, acesse o site da eleição www.votaenfermagem.org.br e selecione a opção "Receber senha", que será enviada após a confirmação de alguns dados pessoais.
Após a identificação do eleitor, este deverá informar o modo que deseja receber a senha: via e-mail ou SMS (mensagem de texto por celular). Caso os dados cadastrados para o recebimento da senha estejam incorretos, o eleitor poderá informar um número de celular para recebimento da respectiva senha por mensagem de texto.
Por questões de segurança, não será possível utilizar o mesmo número de telefone para envio de senha de diferentes eleitores.
A senha gerada para um eleitor será única (ou seja, nenhum outro eleitor receberá a mesma senha ainda que a chave do login no sistema seja diferente).
A senha de cada eleitor ficará armazenada e criptografada na infraestrutura que hospedará o sistema de votação e somente poderá ser utilizada uma única vez para votar.
Quem vota?
O direito de votar é concedido àqueles que possuem inscrição definitiva ou remida. O inscrito que possui inscrição secundária deverá votar no Estado em que possui inscrição definitiva principal.
O profissional de enfermagem que é registrado em mais de uma categoria poderá exercer o voto em todas, caso deseje, desde que esteja em dia com as anuidades em todas elas. Optando por votar em apenas uma categoria, ficará isento do pagamento de multa.
Atenção!
Ao inscrito que deixar de votar sem justa causa será gerada multa equivalente ao valor atualizado de uma anuidade de seu quadro profissional. Em caso de motivo justificável, o profissional deverá comprovar suas razões no COREN/AC no prazo de 120 dias, a contar do dia da eleição.
Cartilha
Com o intuito de esclarecer diversas dúvidas à respeito das Eleições dos Conselhos Regionais de Enfermagem o COFEN disponibilizou hoje, dia 18 de agosto, uma Cartilha intitulada "Cartilha de Voto Pela Internet" no qual orienta, esclarece tudo à respeito de todos os procedimentos referente as eleições.
Fique atento!
Para baixar a Cartilha, clique aqui.
Fonte_COREN/MG

domingo, 6 de agosto de 2017

Agosto Dourado

Não há mais dúvidas sobre os benefícios fisiológicos, psicológicos e sócio econômico culturais da prática do aleitamento materno para a díade mãe/bebê.

Sabe-se que a amamentação, isoladamente, é a estratégia de maior impacto capaz de salvar a vida de cerca de 13% das crianças menores de 5 anos em todo o mundo por causas previníveis. O estímulo da amamentação exclusiva salva nada menos que 6 milhões de crianças por ano1.

O leite materno é o melhor alimento que um bebê pode receber nos seus primeiros anos de vida, sendo indicado até dois anos ou mais. Sua superioridade orgânica o torna de melhor digestibilidade, sendo o alimento mais completo para promover o crescimento e desenvolvimento infantil. Crianças amamentadas também estão mais protegidas contra doenças infecciosas.

Há vinte anos, entre os dias 10 e 7 de agosto, ações em todo o mundo são voltadas para a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM). Diversas organizações governamentais e não governamentais, comunidades científicas e populares, grupos religiosos e tantos outros se mobilizam e são mobilizados para promover, proteger e apoiar a amamentação.

São sete dias de intensas atividades em todos os cantos do globo, promovendo a amamentação exclusiva até o sexto mês de vida e complementado até dois anos ou mais. Mesmo assim, muitas pessoas ainda desconhecem esse evento e até mesmo a sua importância para apoiar e proteger a saúde materno-infantil em toda sua integralidade.

Outros movimentos, não menos importantes, como o Outubro Rosa e o Novembro Azul, para a prevenção do câncer de mama e de próstata, respectivamente, estão à frente quando o assunto é visibilidade comercial e publicitária em relação à SMAM.

O “Outubro Rosa” iniciou nos Estados Unidos em 1990, na cidade de Nova Iorque, quando o laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da corrida pela cura do câncer de mama. Em 1997, oficialmente se iniciou o já tão conhecido “Outubro Rosa”, tendo aprovação do Congresso Americano e copiado em todo o globo para a mobilização do diagnóstico precoce do câncer de mama. Desde então as cidades são enfeitadas com laços rosa e até mesmo alguns monumentos mundialmente conhecidos são iluminados com a cor símbolo.

No mesmo contexto, novembro passou a ser o mês azul, para incentivar a prevenção do câncer de próstata e o controle do diabetes. Também iniciado nos Estados Unidos, em celebração ao dia mundial de combate à doença, 17 de novembro, por lá chamado de “Movember”, designado da junção das palavras moustache (bigode, em inglês) e november. Essa iniciativa, entende-se, é de extrema importância tendo em vista os mais de 50 mil casos dessa doença só no Brasil, com estimativa de crescimento para 62 mil em 2013. Hoje é a segunda causa de morte entre os homens, tendo como maior causa a mudança de hábitos.

Não menos importante, mas talvez com menor propaganda, a estratégia de maior impacto na saúde humana e de menor custo para a sociedade e para o planeta, a amamentação, e o seu produto padrão ouro de qualidade, o leite humano, merecem não só sete dias de promoção, proteção e apoio, mas um mês inteiro e também uma cor que esteja à altura de sua relevância.

Trinta dias, para a celebração da promoção, proteção e apoio, e uma cor toda especial, que já percorre todo o mundo com o seu laço simbólico, o dourado.

O “Agosto Dourado”, mês que já é símbolo da luta de muitos pelo incentivo à amamentação, e o dourado, confirmando o seu padrão ouro de qualidade.

Acreditamos que o “Agosto Dourado”, poderá conferir maior visibilidade à prática que beneficia a mulher, o seu bebê, sua família, bem como às redes sociais de apoio e o meio ambiente em que vivemos.

Durante todo o mês de agosto teríamos vários pontos turísticos, simbólicos, espalhados pelo mundo todo, como o nosso Cristo Redentor, iluminado pela cor dourada para energizar o mundo e incentivar o aleitamento materno.

Vamos levar essa ideia ao conhecimento de todos, das organizações mundiais promotoras do desenvolvimento infantil saudável e apoiadores da amamentação, para tornar o mundo todo dourado no mês de agosto durante todos os anos vindouros.

“Agosto Dourado”, essa iniciativa vale ouro.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

COFEN convida para audiência pública sobre EaD

O Ensino a Distância - EaD nos cursos de graduação na área da saúde será tema de Audiência Pública, no dia 8 de agosto, a partir das 10h, na Câmara dos Deputados. Organizado pela Comissão de Educação, o debate discutirá a expansão da oferta de cursos superiores a distância na área da saúde e terá como representante da Enfermagem a conselheira federal Dorisdaia Humerez.
Participe desta discussão! Debater a qualidade da formação em Enfermagem é essencial para melhorar a qualidade da assistência prestada.
Situação EAD no país – Em 2015, fiscais do Sistema Cofen/Conselhos Regionais inspecionaram 315 polos de apoio presencial dos cursos de EAD em enfermagem e constataram ausência de infraestrutura e condições de ensino, com descumprimento das Diretrizes Curriculares Nacionais. O relatório foi encaminhado ao Ministério Público Federal, que abriu inquérito para apurar a situação. O documento também foi entregue ao Ministério da Saúde, Ministério da Educação (MEC), Conselho Nacional de Saúde (CNS), Conselho Nacional de Educação (CNE), Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa (INEP) e Congresso Nacional, para conhecimento e providências.
Projeto de lei contra EAD em Enfermagem – O Cofen propôs o Projeto de Lei nº 2.891/2015, apresentado pelo deputado federal Orlando Silva (PCdoB/SP), para inclusão na Lei do Exercício Profissional a obrigatoriedade de formação exclusivamente em cursos presenciais para os profissionais da área de Enfermagem.
Fonte - COFEN

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Dia de Luta contra Contra as Hepatites Virais

Julho Amarelo: o mês dedicado ao combate às hepatites virais

A Hepatite C é uma doença do fígado que resulta da infecção pelo vírus da hepatite C.

Segundo estimativas populacionais, três a quatro milhões de pessoas são infectadas a cada ano e cerca de 170 milhões de pessoas no mundo estão cronicamente infectadas e em risco de desenvolver doenças do fígado, incluindo cirrose e câncer.

Dados do Boletim Epidemiológico para Hepatites Virais de 2016, indicam que de 1999 a 2015 foram detectados 289.459 casos de sorologia reagentes no Brasil. A maioria casos ocorre em pessoas nascidas de 1945 a 1965. Se você nasceu durante esses anos, fale com seu médico sobre como se testar.

Um exame de sangue, chamado de sorologia, pode identificar se você já foi infectado com o vírus da hepatite C. No entanto, este teste não é capaz de identificar se você ainda está infectado com o vírus. Se o teste for positivo, você precisará de um segundo exame de sangue para determinar se você ainda está infectado.

Uma vez tratada com medicamentos antivirais, a Hepatite C tem cura e a meta da Organização Mundial da Saúde é eliminar esta infecção até 2030.

Fonte_SALEVE

terça-feira, 25 de julho de 2017

ELEIÇÕES COREN/AC 2017


COREN/AC publica o Edital nº 02/2017 para as Eleições do triênio 2018/2020


A Comissão Eleitoral do Conselho Regional de Enfermagem do Estado do Acre, por meio da sua presidente Ravena Ferreira do Nascimento no uso de suas atribuições emanadas da Portaria COREN/AC 060/2017, em obediência ao Art. 18 § 1º e Art.29 da Resolução 523/2016, após análise minuciosa dos documentos vem por meio deste edital tornar público o deferimento de inscrição de chapa do Quadro I (Enfermeiros) e Quadro II  e III ( Técnicos e Auxiliares de Enfermagem) , composta pelos candidatos ao cargo de Conselheiros Efetivos e Suplentes, em ordem de inscrição/protocolo:
QUADRO I- CHAPA 01
Efetivos:
Dr. Areski da Silva Peniche- COREN/AC 84.849
Dr. Marcio Railegue Abreu Lima Verde- COREN/AC 85.068
Dr. João Batista de Lima- COREN/AC 215.095
Suplentes:
Dr. José Soares de Alencar Filho- COREN/AC 51942
Dr. Maria Lucimar Rodrigues Barbary- COREN/AC 73638
Dr. Maria do Socorro Barbosa Mota- COREN/AC 66300
SITUAÇÃO: CHAPA DEFERIDA

QUADRO II- CHAPA 01
Efetivos:
Sra. Joce Eneida de Araújo Vieira- COREN/AC 324.044
Sra. Francisco Paulo Machado Damasceno- COREN/AC 215.095
Suplentes:
Sra. Francisca Marnilza Nogueira Rocha- COREN/AC 510.918
Sra. Maria da Conceição Santana Mendonça- COREN/AC 476.574
SITUAÇÃO: CHAPA DEFERIDA

QUADRO I-CHAPA 02
Efetivos:
Dr. Jebson Medeiros de Souza- COREN/AC 95.621
Drª. Maria Lucrécia Batista Pereira – COREN/AC 59.879
Dr. Gilmar Giles de Oliveira- CORE/AC 289.263
Suplentes:
Drª Mariane Albuquerque Lima Ribeiro- COREN/AC 146.852
Drª Isabelly Rossetto Saadi Andrade- COREN/AC 153.934
Drª Lidiana Jovino Oliveira Alencar- COREN/AC 144.527
SITUAÇÃO: CHAPA DEFERIDA

QUADRO II-CHAPA 02
Efetivos:
Sra. Antonia Suely Silva de Almeida- COREN/AC 263.049
Sr. Joel Correia de Queiroz Junior- COREN/AC 548.563
Suplentes:
Sra. Karine Monteiro de Oliveira Bichara- COREN/AC 706.774
Sra. Maria de Fatima Lopes da Silva- COREN/AC 388.796
SITUAÇÃO: CHAPA DEFERIDA

Publique- se.
Rio Branco-AC, 24 de julho de 2017
Drª. Ravena Ferreira do Nascimento
Presidente da Comissão Eleitoral
Drª. Eliane Pinheiro Lima
Secretária da Comissão Eleitora
Dr. Michel Ribeiro Paes
Secretário da Comissão Eleitora
Fonte_COREN/AC

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Assembleia dos Presidentes do Sistema COFEN/COREN's debaterá novo Código de Ética da Enfermagem


A Assembleia de Presidentes do Sistema COFEN/Conselhos Regionais debaterá, na próxima terça-feira (18/7), com transmissão ao vivo via Facebook,  proposta de novo Código de Ética da Enfermagem. O público poderá acompanhar o evento ao vivo na página  https://www.facebook.com/eucurtoaenfermagem
Aprovado por mais de 300 delegados reunidos na I Conferência Nacional de Ética em Enfermagem (I Conaeenf), a proposta de reformulação é resultado de amplo e democrático debate, iniciado por Grupo de Trabalho estabelecido pelo Conselho Federal de Enfermagem - COFEN. Os estados encaminharam suas propostas de alterações após a realização de diversos encontros e conferências junto aos profissionais de Enfermagem, ouvidos também em consulta pública realizada no Portal COFEN.
O processo de reformulação do Código de Ética é inovador na história da Enfermagem brasileira. Até então, as reformulações foram feitas em estreita observância à Lei 5905/73, segundo a qual compete ao COFEN ‘elaborar o Código de Deontologia de Enfermagem e alterá-lo, quando necessário, ouvidos os Conselhos Regionais’. “Fomos além, levando esse debate a todos os Conselhos Regionais, aos profissionais de Enfermagem e à sociedade, de maneira ampla”, afirma o presidente do COFEN, Manoel Neri.
“O novo Código de Ética concilia a defesa da sociedade com a proteção ao bom profissional, trazendo avanços, especialmente nos casos de violência doméstica”, avalia o conselheiro federal Jebson Medeiros, coordenador do grupo de trabalho responsável pela reformulação. O novo Código de Ética traz, ainda, adequações às mudanças tecnológicas, orientando condutas dos profissionais.
Fonte_COFEN

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Dia dos Conselhos de Enfermagem

Lei 5.905/73, que cria os Conselhos de Enfermagem, completa hoje (12/7) 44 anos. Conhecer a história dos Conselhos Regionais nos ajuda a compreender melhor a consolidação da Enfermagem no Brasil. Responsável pela fiscalização profissional, o Sistema COFEN/Conselhos Regionais atua para garantir a qualidade do exercício profissional, o correto dimensionamento, e as condições de trabalho e assistência.
A fiscalização do exercício profissional é a função primordial dos conselhos. Se não houvesse essa fiscalização, a eficácia da lei 7.498/86, que regulamenta a profissão, seria muito restrita. Quem impediria a contratação de profissionais sem qualificação? A quem seriam denunciados desvios de função? E os casos de má conduta profissional? Essas situações colocariam em risco a saúde da população brasileira. Os profissionais também estariam mais vulneráveis a abusos, a decisões arbitrárias, e a concorrência desleal no mercado de trabalho.
O COFEN tem também a função de normatizar o dimensionamento de pessoal de Enfermagem e estabelecer normativas técnicas para a assistência. Os Conselhos de Enfermagem são atores fundamentais nas grandes lutas da Saúde Coletiva, como a construção do SUS.
“Influenciar políticas de Saúde Coletiva, garantindo condições dignas de trabalho e assistência, ainda é nosso grande desafio”, destaca o presidente do COFEN, Manoel Neri. “Como órgão técnico e de fiscalização, reconhecemos que a assistência de Enfermagem não pode ser desvinculada da formação e das condições de vida e trabalho dos profissionais. Por isto, lutamos pelo ensino presencial e de qualidade, e apoiamos a regulamentação da Jornada de Trabalho em 30hs semanais, o Descanso Digno e a criação do Piso Salarial”.
Fonte_COFEN

quinta-feira, 22 de junho de 2017

ELEIÇÕES COREN/AC 2017


EDITAL ELEITORAL nº01/2017


O Presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Acre - COREN/AC, no uso de suas atribuições, regimentais e as especialmente estabelecidas no Código Eleitoral dos Conselhos de Enfermagem, na conformidade da Resolução COFEN Nº 0523/2016, por meio deste edital, convoca a Assembleia Geral dos Profissionais de Enfermagem para o pleito eleitoral a realizar-se exclusivamente pela internet, no horário das 08h00min do dia 01/10/2017 às 08h00min do dia 02/10/2017 (horário de Brasília), ocasião em que serão eleitos os conselheiros que integrarão o plenário do COREN/AC no período compreendido entre 1º de Janeiro de 2018 a 31 de dezembro de 2020.
O requerimento para inscrição de chapa deverá ser feito, no prazo máximo de 20 (vinte) dias, a contar da data de publicação do presente Edital, excluindo-se o dia da publicação.
A protocolização de inscrição de chapas deverá ser feita na sede do COREN/AC das 08h00mim às 12h00min e das 14h00min às 18h00min, situada na Rua Floriano Peixoto Nº 1.101, centro, CEP Nº 69.900-327, Rio Branco/AC.
Faz saber igualmente que os pedidos de inscrições de chapas devem se submeter aos seguintes quantitativos:
Quadro I: 03 (três) candidatos a Conselheiros Efetivos e 03 (três) candidatos a Conselheiros Suplentes, 
Quadro II e III: 02 (dois) candidatos a Conselheiros Efetivos e 02 (dois) candidatos a Conselheiros Suplentes.
A Comissão Eleitoral, nomeada através da Portaria COREN/AC Nº 60/2017, é composta pelos seguintes membros o Dra. Ravena Ferreira do Nascimento – COREN/AC 397272-ENF, Dra Eliane Pinheiro Lima COREN-AC 65.666-ENF e Dr. Michel Ribeiro Paes COREN-AC n 218.543, sob a presidência da primeira, para executar os atos estabelecidos no art. 18 da Resolução COFEN Nº 0523/2016.
PABLO JOSÉ CUSTÓDIO BEZERRA DA SILVA
Fonte_COREN/AC

quinta-feira, 8 de junho de 2017

ELEIÇÕES COREN/AC 2017


COREN/AC define comissão e regras para eleições do novo plenário


A presidência do COREN/AC, através da Portaria nº 060/2017, definiu a Comissão e regras para as eleições do novo plenário para o Regional no triênio 2018/2020. O pleito acontece no dia 01 de outubro deste ano e pela primeira vez a votação será realizada via internet em 100% dos COREN'S em todo o Brasil.
Para votar, o profissional de enfermagem precisa estar adimplente, ou seja, em dias com suas anuidades. Assim, o profissional vai receber a senha de votação via SMS e e-mail. Por isso, é essencial a atualização de dados cadastrais, principalmente e-mail e telefone.
A Comissão Eleitoral é composta pela presidente a  Dra. Ravena Ferreira do Nascimento – COREN/AC 397272-ENF e demais membros, a Dra Eliane Pinheiro Lima COREN-AC 65.666-ENF e o Dr. Michel Ribeiro Paes COREN-AC n 218.543.
Para mais informações entre em contato pelo telefone: (68) 3224-6697

Fonte_COREN/AC

quinta-feira, 1 de junho de 2017

ELEIÇÕES COREN/AC 2017


Atualize seu cadastro até 31/8 para votar nas eleições dos Conselhos Regionais

Foi prorrogado para o dia 31 agosto o prazo de atualização cadastral dos profissionais a fim de participarem das eleições para os Conselhos Regionais de Enfermagem. É necessário informar o e-mail e o telefone atualizados para receber a senha de votação. O pleito, realizado em 1º de outubro de 2017, vai compor os novos plenários no triênio 2018/2020. Pela primeira vez, a votação será realizada pela internet em 100% dos regionais.


O processo para participação é muito simples. Os profissionais adimplentes receberão uma senha de votação via SMS e e-mail e, assim, poderão acessar virtualmente a plataforma para realizar sua escolha. Por esta razão, é fundamental o profissional registrado entrar em contato com o Conselho Regional de seu estado para atualizar os dados do cadastro.
As eleições para os Conselhos Regionais foram realizadas online pela primeira vez em 2014, abrangendo 19 estados e o Distrito Federal. O sistema, que conta com auditoria externa, aumenta a transparência, a segurança e a agilidade da votação.
O COFEN constituiu o Grupo de Trabalho de Acompanhamento Eleitoral – GTAE e designou os conselheiros Antonio Coutinho, Eloiza Correia e Orlene Veloso para esclarecer dúvidas durante o processo. “Vamos buscar atender a demanda e garantir a transparência no processo, oportunizando a todos participar deste grande evento democrático do Sistema COFEN/Conselhos Regionais”, afirmou Coutinho.
Fonte_COFEN

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Dia Mundial sem Tabaco


O Dia Mundial sem Tabaco, comemorado anualmente em 31 de maio, foi criado em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como um alerta sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo.

No Brasil, o INCA é o responsável pela divulgação e elaboração do material técnico para subsidiar as comemorações em níveis federal, estadual e municipal.

Desde 1989, o Instituto é responsável pela coordenação do Programa Nacional de Controle de Tabagismo (PNCT)

Em 1997, o INCA se tornou Centro Colaborador da OMS para o Controle do Tabaco e passou a exercer também a Secretaria Executiva da Comissão Nacional para a Implementação da Convenção-Quadro para o Controle de Tabaco (Se-Conicq), que coordena e articula a Política Nacional de Controle do Tabaco.

No Dia Mundial sem Tabaco, o Instituto - em parceria com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde dos 26 estados, e do Distrito Federal e a sociedade civil - promove e articula uma grande comemoração nacional em torno do tema definido pela OMS.

A epidemia global do tabaco mata quase 6 milhões de pessoas por ano.

Destas, mais de 600 mil são fumantes passivos (pessoas que não fumam, mas convivem com fumantes).

Se nada for feito, estão previstas mais de 8 milhões de mortes por ano a partir de 2030.

Mais de 80% dessas mortes evitáveis atingirão pessoas que vivem em países de baixa e média rendas.

Para 2016, a OMS definiu como tema as embalagens padronizadas de cigarro e correlatos para ser trabalhado internacionalmente.

Fonte_INCA

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Dia Mundial da Saúde Digestiva


A Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG, seguindo o calendário mundial de ações educativas da World Gastroenteroloy Organisation - WGO, mobiliza-se para o Dia Mundial da Saúde Digestiva, celebrado em 29 de maio, com o tema “Da azia a constipação intestinal – Sintomas comuns de doenças Gastrointestinais na comunidade: Impacto e Interpretação”.

Fonte_FBG

domingo, 28 de maio de 2017

Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher e Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna


O dia 28 de maio é de extrema importância para as mulheres.
A data marca duas lutas para a saúde feminina, o Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher e o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna.
Ambas têm como objetivo chamar a atenção e conscientizar a sociedade dos diversos problemas de saúde e distúrbios comuns na vida das mulheres.
Fonte_Blog Saúde

sábado, 20 de maio de 2017

Dia dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem


Dia 20, comemora-se em todo Brasil o Dia Nacional do Técnico e Auxiliar de Enfermagem. A data foi instituída pela Resolução 294/2004, do Conselho Federal de Enfermagem em outubro de 2004.
Regulamentadas por lei, as profissões são de fundamental importância para a prestação de assistência em saúde. Cabe ao Técnico de Enfermagem assistir o Enfermeiro no planejamento das atividades de assistência, no cuidado ao paciente em estado grave, na prevenção e na execução de programas de assistência integral à saúde e participando de programas de higiene e segurança do trabalho, além, obviamente, de assistência de enfermagem, excetuadas as privativas do enfermeiro.
Já aos Auxiliares de Enfermagem cabe integrar a equipe de saúde e educar, preparar o paciente para consultas, exames e tratamentos; executar tratamentos prescritos; prestar cuidados de higiene, alimentação e conforto ao paciente e zelar por sua segurança; além de zelar pela limpeza em geral.
Cabe, ainda, ao Auxiliar ministrar medicamentos, aplicar e conservar vacinas e fazer curativos; colher material para exames laboratoriais; executar atividades de desinfecção e esterilização; realizar controle hídrico; realizar testes para subsídio de diagnóstico; instrumentar; efetuar o controle de pacientes e de comunicantes em doenças transmissíveis; prestar cuidados de Enfermagem pré e pós-operatórios; aplicar oxigenoterapia, nebulização, enteroclisma, enema e calor ou frio; executar os trabalhos de rotina vinculados à alta de pacientes; e participar dos procedimentos pós-morte.
O dia 20 de Maio é ainda o encerramento da Semana de Enfermagem, que se inicia no dia 12 e representa uma grande oportunidade para os profissionais aperfeiçoarem o trabalho que realizam no dia a dia por meio das palestras, cursos e workshops das programações realizadas em cada conselho regional.
Fonte_COREN/MA

Campanha

Campanha