sexta-feira, 30 de setembro de 2011

A Luta Continua se Fortalecendo.

No primeiro evento oficial do ‘Fórum Nacional 30 Horas Já: Enfermagem Unida por um objetivo’, entidades representativas da Enfermagem brasileira e profissionais de todo o país participaram, no dia (28), de um Seminário sobre a regulamentação da jornada de trabalho na Câmara dos Deputados, em Brasília. O objetivo do encontro, realizado pela Comissão de Legislação Participativa (CLP), foi discutir a redução da carga de trabalho para os profissionais de enfermagem – auxiliares, técnicos e enfermeiros - de 40 para 30 horas semanais.


“Queremos, a partir da discussão do Projeto de Lei 2295/00, expandir o movimento pela regulamentação da jornada de trabalho com o intuito de aumentarmos a pressão para que o PL seja colocado na pauta de votação”, comenta o conselheiro federal e um dos coordenadores do Fórum, Antonio Marcos Freire Gomes. O conselheiro federal ainda falou sobre a proposta de criação dos Fórum pelas 30 horas em todos os estados do país. “A divulgação e o engajamento dos profissionais e das demais entidades nos estados brasileiros é de suma importância para o fortalecimento e aprovação do PL. É a partir dessa pressão que conseguiremos a vitória do movimento”, afirma.

Participaram da mesa de discussão do seminário, o Presidente da Comissão Deputado Vitor Paulo (RJ); o Deputado Federal Rogério Carvalho (SE); a Deputada Estadual Rejane (RJ); a  Deputada Federal Carmen Zanotto (SC); a Deputada Federal Rosane Ferreira(PR); além de representantes das seguintes entidades: Antônio Marcos - Representante do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN); Simone Peruzzo - Representante da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn); Mário Jorge dos Santos Filho - Representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde - CNTS; e Solange Caetano - Presidente da Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE).

A Deputada Estadual Rejane (RJ) lembrou que a luta dos profissionais de Enfermagem vai além da propositura do PL em 2000. “Essa é uma luta antiga dentro da Câmara. São mais de 55 anos nos movimentando pela regulamentação da jornada de trabalho.” A deputada ainda comentou que a bandeira pelas 30 horas não é uma luta corporativista, de interesse apenas da classe dos profissionais. “Nossa maior luta é pela melhoria dos atendimentos e dos cuidados que são oferecidos à população brasileira. A aprovação das 30 horas será, certamente, uma vitória para a sociedade que terá profissionais mais qualificados no trabalho”, finaliza.
Para a deputada Rosane Ferreira (PR), há mais de 11 anos a categoria luta pela aprovação do projeto. “A valorização da enfermagem deve ser feita. Sem saúde não há pátria”, completa. 
Alem da jornada de trabalho, foram lembrados pelos convidados e deputados a necessidade de outras melhorias para os profissionais de Enfermagem como a aposentadoria especial com 25 anos de trabalho e o piso salarial para a categoria.

A presidente da Federação Nacional dos Enfermeiros, Solange Aparecida Caetano, também protestou. Para ela, a categoria não deve aceitar mais atrasos na votação do projeto. “A enfermagem representa 54% dos profissionais de saúde. Não queremos mais requerimentos, queremos que o projeto seja votado e aprovado”, disse.

Colégio de Líderes
O presidente da Comissão, deputado Vitor Paulo (PRB-RJ), quem propôs o encontro e que também é líder do PRB, prometeu conversar com os demais líderes para colocar a proposta em votação no Plenário o mais rápido possível. “Aqui só se vota ou aprova por maioria ou pressão. Sei da responsabilidade que vocês têm com a saúde e sei como é importante aprovar o PL 2295/00”, afirmou.
Os representantes das entidades de classe também lembraram a entrega ao deputado Vitor Paulo de uma carta-compromisso, assinada pela presidenta Dilma Rousseff, durante a campanha eleitoral a favor da redução da jornada de trabalho. 

Debates
Após a apresentação inicial dos temas a serem discutidos durante o Seminário foram formados painéis e  mesas redondas que explicitaram e detalharam os trabalhos pela aprovação do PL, assim como as diretrizes para que o movimento se fortaleça.
1ª Mesa de Debates: Tema - Regulamentação da Jornada de Trabalho: Implicações Éticas e Jurídicas no Trabalho da Enfermagem
2ª Mesa de Debates: Tema - PL 2295/2000: Impactos financeiros, qualidade de vida dos profissionais de Enfermagem e a saúde da população.
3ª Mesa de Debates: Tema - Segurança do Paciente: desafios e perpectivas no processo de cuidar
Mesa Redonda: Tema - Possibilidades e Desafios do Movimento Organizado Nacional e Estadual

Entenda mais:
O PL 2295, apresentado em janeiro de 2000, representa uma reivindicação dos profissionais de Enfermagem -enfermeiros, técnicos e auxiliares-, objetivando equalizar o funcionamento dos serviços de saúde e prover um padrão desejável de condições para a prática da Enfermagem no país.  O respectivo PL, que fixa a jornada em seis horas diárias e 30 semanais, aguarda a votação pelo Plenário da Câmara dos Deputados.
Na página da internet da Câmara do Deputados é possível acompanhar todas as etapas do Projeto de Lei, acessando: Clicando aqui. Todos os interessados também podem colaborar e fortalecer a aprovação do PL 2295/2000, Clicando aqui.

Fonte: COFEN

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Parabens! Vale do Juruá


O município, cujo nome foi inspirado na Constelação "Cruzeiro do Sul", surgiu da implementação do decreto de 12 de setembro de 1904, quando o Coronel do Exército Brasileiro Gregório Thaumaturgo de Azevedo instalou a sede provisória do município, em um local denominado "Invencível", na foz do Rio Môa. Teve sua fundação oficializada em 28 de Setembro de 1904, quando a sede do Departamento do Alto Juruá foi transferida para Cruzeiro do Sul. A área escolhida chamava-se "Centro Brasileiro" e foi adquirida do Sr. Antônio Marques de Menezes pelo governo da União. Era localizado à margem esquerda do Barracão Central da Casa de Farinha e algumas barracas isoladas.
Em 17 de Novembro de 1903, o território do Acre, incorporado ao Brasil pelo Tratado de Petrópolis, foi dividido em três departamentos: Alto Juruá, Alto Purus e Alto Acre, todos independentes entre si e diretamente subordinados ao Governo da União. Cada um dos departamentos era administrado por um Intendente - cargo parecido com o de prefeito atual, só que nomeado pelo presidente da República, até 1920.
No dia 28 de setembro de 1904, o Coronel Thaumaturgo, através do Decreto N° 4, autorizava a transferência da sede da Prefeitura para o Seringal Centro Brasileiro, à margem esquerda do Juruá, pois no antigo lugar faltava área suficiente para o desenvolvimento futuro da cidade, além do problema das inundações periódicas, resultantes das enchentes do rio. Na área do Centro Brasileiro, a geografia apresentava muitas colinas (terras livres de inundações), facilitando a implantação da futura cidade de Cruzeiro do Sul, atendendo, ainda, outras considerações de ordem administrativa e comercial. Não se sabe, exatamente, de quem foi a ideia de dar o nome à sede da prefeitura do Alto Juruá de Cruzeiro do Sul, mas a denominação é estabelecida no artigo 2° do Decreto e, com certeza, tem por inspiração a constelação do Cruzeiro do Sul.
28 de setembro, os cruzeirenses celebram 107 anos de história, aqui narradas em memórias marcantes dessa cidade tão querida e abençoada, intitulada “Terra dos Náuas”.
Parabéns ao guerreiros que construíram e constrói o município de Cruzeiro do Sul - Acre, capital do Vale do Juruá.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Hoje e Dia!


A Comunidade Surda Brasileira comemora em 26 de setembro, o Dia Nacional do Surdo, data em que são relembradas as lutas históricas por melhores condições de vida, trabalho, educação,saúde, dignidade e cidadania.

A Federação Mundial dos Surdos já celebra o Dia do Surdo internacionalmente a cada 30 de setembro. No Brasil, o dia 26 de setembro é celebrado devido ao fato desta data lembrar a inauguração da primeira escola para Surdos no país em 1857, com o nome de Instituto Nacional de Surdos Mudos do Rio de Janeiro, atual INES ‐ Instituto Nacional de Educação de Surdos.


Em Cruzeiro do Sul a capital do Vale do Juruá não seria diferente, a Coordenação Estadual de Educação do Juruá, através do Núcleo de Apoio Pedagógico e Inclusão - NAPI, realizará uma semana de atividades e palestras para comemorar o dia.

O NAPI de Cruzeiro do Sul atende 36 alunos na rede regular de ensino e aproximadamente 400 alunos entre surdos, cegos, com deficiência intelectual, auto habilidade (superdotado) e conta com uma equipe de 45 professores, 17 intérpretes, além de 14 cuidadores que são funcionários da Secretaria de Saúde que prestam serviços a Secretaria de Educação.


Click aqui e acompanhe uma reportagem completa sobre essa atividade produzida pelo jornal Voz do Norte.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Todos na Luta contra o Crack

Conseguir se livrar das drogas não é uma tarefa fácil. Para muitos dependentes químicos, encontrar o apoio da família e chegar até uma clinica de recuperação é um grande desafio.
De acordo com as pesquisas, os adolescentes estão entre os principais usuários de drogas. Em media, 13% dos jovens brasileiros com idade entre 16 e 18 anos consomem ou já fizeram uso de algum tipo de droga.

A Força Jovem Brasil contra as drogas em Cruzeiro do Sul estará realizando no dia 24 (sabado) esse grandioso evento no Ginásio Poliesportivo do Bairro do Alumínio "O Bezerrão" a partir das 14:00hs com o tema "Driblando o Crack, Tire essa Pedra do seu Caminho".
Junte-se a nos e seja um elo forte nessa corrente do bem, participe com sua família leve um 1K de alimento não perecível, para ajudar as instituições de recuperação de dependentes químicos.
Ser Jovem é nunca deixar de Sonhar.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

A Luta Continua


Durante a assinatura do convênio para a pesquisa do Perfil da Enfermagem, no Conselho Nacional de Saúde, o Presidente do Conselho Federal de Enfermagem, Manoel Carlos Neri da Silva, cobrou ao Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, o apoio para a aprovação do  Projeto de Lei 2295/2000, que fixa em 30 horas semanais a jornada de trabalho para os profissionais de Enfermagem.

Para o Presidente do COFEN, o apoio do Ministério da Saúde é fundamental para se quebrar a resistência existente em alguns segmentos do governo para a aprovação do PL 2295.

Neri aproveitou ainda a oportunidade e falou da  importância que a aprovação do PL 2295 trará para os serviços de saúde prestado pelos profissionais de Enfermagem de todo o Brasil.

Entenda mais:
O PL 2295, apresentado em janeiro de 2000, representa uma reivindicação dos profissionais de Enfermagem -enfermeiros, técnicos e auxiliares-, objetivando equalizar o funcionamento dos serviços de saúde e prover um padrão desejável de condições para a prática da Enfermagem no país.  O respectivo PL, que fixa a jornada em seis horas diárias e 30 semanais, aguarda a votação pelo Plenário da Câmara dos Deputados.
Na página da internet da Câmara do Deputados é possível acompanhar todas as etapas do Projeto de Lei, acessando: www.camara.gov.br/proposicoes
Todos os interessados também podem colaborar e fortalecer a aprovação do PL 2295/2000, clicando em manifesto 30h.

Fonte: COFEN

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Erros da Enfermagem

"Em uma situação alarmante, pacientes recebem medicações trocadas, crianças sofrem lesões graves, e mortes causadas por erros banais estão cada vez mais comuns."
Esse foi o tom da matéria do Fantástico para a Enfermagem no tocante das denuncias sobre os procedimentos da enfermagem no brasil. Das grandes metrópolis até os municípios mais isolados a realidade era a mesma.
Não escondo de como fique com a moral baixa, mas não desmotivado para lutar contra as entidades privadas e até mesmo das universidades formadoras dos péssimos profissionais.
Click aqui e acompanhe a reportagem das irregularidades encontradas pelos COREN's na matéria.

Semana Nacional de Transito no Vale do Juruá

O Detran fez o lançamento da Semana Nacional de Trânsito neste domingo, 18,  em Cruzeiro do Sul. Até o dia 30 deste mês, vão ocorrer várias atividades envolvendo a comunidade cruzeirense voltadas à conscientização da população na busca por um trânsito mais pacífico. O local escolhido para o lançamento foi a Igreja Assembleia de Deus, que ficou lotada, especialmente de crianças munidas de bandeirolas verdes, amarelas e vermelhas que coloriram e animaram o ambiente.

Em Cruzeiro do Sul, durante os meses de verão, estão sendo emplacados em Cruzeiro do Sul cerca de 200 veículos, entre motos e carros. A frota da cidade já beira os 18 mil veículos e a estruturação da cidade para este aumento não acompanha o ritmo frenético de entrada de novos veículos.
Click aqui e acompanhe tudo o que aconteceu na cerimonia de abertura.
O Blog também participa dessa campanha de Conscientização no Transito de nosso município.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Campanha de Vacinação

A segunda etapa deste ano da campanha de vacinação contra o sarampo termina hoje (16) em 18 estados brasileiros: no Acre, Amazonas, Amapá, Espírito Santo, em Goiás, no Maranhão, em Mato Grosso do Sul, em Mato Grosso, no Pará, na Paraíba, no Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, em Rondônia, Roraima, Sergipe, Santa Catarina e no Tocantins.


Crianças de 1 a 7 anos devem ser levadas aos postos de saúde para receber a dose. De acordo com o Ministério da Saúde, até ontem (15), mais de 88% das crianças nessa faixa etária haviam sido imunizadas. A meta do governo é vacinar 95% do público-alvo, 17 milhões de crianças. A campanha começou no dia 13 de agosto.


A imunização contra o sarampo é oferecida gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e está disponível durante todo o ano nos postos de saúde.

A Secretária Municipal de Saúde de Cruzeiro do Sul, estenderá a campanha de vacinação para o dia 17 (sábado) das 07:30hs as 17:00hs em toda a sua rede de postos de saúde e associações de bairro do município o clico da segunda etapa de vacinação conta o sarampo.


O sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre de pessoa para pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. O período de transmissão varia de quatro a seis dias antes do aparecimento das manchas até quatro dias após o surgimento delas.


Não perca mais tempo, procure um posto de saúde mais próximo de sua residência e vacine o futuro da nossa nação.


Campanha do Blog para toda a população do Vale do Juruá



quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Isto eh Incrível! pra não dizer Imoral

Na quinta-feira, 25.08.2011, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) a Portaria Nº 2.027, assinada pelo Ministro da Saúde, Alexandre Rocha Santos Padilha, a qual altera a Portaria nº648/GM/MS, de 28 de março de 2006, no que diz respeito à carga horária dos profissionais médicos da Estratégia de Saúde da Família/ESF.


A referida Portaria autoriza diversas possibilidades de carga horária para os médicos, podendo chegar a 20 HORAS SEMANAIS, e mantém a carga horária de todos os outros profissionais de saúde, assim como dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), em 40 horas semanais. Leia a íntegra da Portaria Click aqui.



O 'Fórum Nacional 30 Horas Já: Enfermagem Unida por um objetivo' destaca o caráter discriminatório da referida Portaria em relação às condições de trabalho e direitos dos diversos profissionais que compõem as equipes multiprofissionais, os quais são essenciais para que o modelo assistencial previsto na ESF, de atender os indivíduos em seu contexto familiar e na perspectiva interdisciplinar, seja viabilizado.

O 'Fórum Nacional 30 Horas Já' destaca, ainda, a gravidade da discriminação com os profissionais de Enfermagem, que estão, há 11 anos, lutando pela aprovação do PL 2295/2000, que regulamenta a jornada de trabalho da categoria em 30 horas semanais. Em especial, porque um dos argumentos mais usados pelo Ministério da Saúde, contrário ao projeto, é “que a jornada de 30 horas para a Enfermagem inviabilizaria a ESF”. São inaceitáveis a discriminação e, também, a implementação de uma política que considera direitos de uma única categoria profissional, como se fosse possível fazer ações do campo da saúde apenas com os profissionais médicos.

Mais uma vez, as entidades representativas da Enfermagem, como a Associação Brasileira de Enfermagem (ABEN), a Federação Nacional de Enfermagem (FNE) e a Confederação dos Trabalhadores de Saúde (CNTS), organizações que compõem o Fórum, vêm a público dialogar com a sociedade, convocando os agentes políticos e, principalmente, os profissionais de Enfermagem, para que se posicionem e em defesa da JORNADA DE 30 HORAS SEMANAIS.Aos Deputados Federais e lideranças dos partidos políticos na Câmara, conclamamos que aprovem, imediatamente, o Projeto de Lei 2295/2000, que já está na pauta para votação na Câmara Federal.

Aprovar o PL é fazer justiça com um contingente de 1 milhão e 500 mil profissionais de Enfermagem e investir em medidas que propiciem, ao mesmo tempo, a segurança de usuários e dos profissionais. O Fórum Nacional 30 Horas Já: Enfermagem Unida por um objetivo participou, no dia 22 de agosto de uma oficina promovida pelo próprio Ministério da Saúde. Na exposição do Fórum, ficou comprovada, com estudos técnicos, a plena viabilidade da jornada de 30 horas semanais para a Enfermagem nos setores público e privado.


Fonte:COFEN

sábado, 10 de setembro de 2011

Exerça a Democracia



A eleição será realizada dia 11 de setembro de 2011 (Domingo), das 08:00 às 18:00 horas. Este ano as eleições serão presenciais. No dia das eleições, o profissional deverá dirigir-se ao local de votação designado, munido de sua carteira do COREN ou outro documento oficial com foto.

Onde vou votar?
Auditoria do Hospital da Mulher e da Criança do Vale do Juruá ao lado da Santa Casa de Misericórdia.

Quem é obrigado a votar?
São obrigados a votar os profissionais que possuem inscrição definitiva principal no COREN-AC, sendo que o profissional que detém inscrição definitiva e inscrição secundária só poderá votar no Estado onde possui inscrição definitiva principal. O voto é facultativo para os profissionais com inscrição remida.
O profissional de enfermagem que é registrado definitivo em mais de um quadro profissional deverá exercer o voto em todos eles.

ATENÇÃO: mesmo que você não tenha recebido a carteirinha do COREN, se sua inscrição for DEFINITIVA principal, o voto é obrigatório! No dia da votação, se você não possui a carteirinha, deverá levar um documento oficial COM FOTO (RG, habilitação, carteira de trabalho ou passaporte).

Não votei e nem apresentei justificativa. Posso ser penalizado?
Sim. O eleitor que deixar de votar sem justa causa incorrerá em multa na quantia equivalente ao valor atualizado da anuidade de seu nível profissional. 

Por que devo votar?
Em primeiro lugar, porque votar é um direito e um dever, ou seja é um ato de cidadania. Além de ser obrigatório, todo profissional de enfermagem tem o direito de decidir quem irá compor o Plenário de seu Conselho Profissional, e esse ato democrático é fundamental para a profissão, os profissionais e a sociedade.

No dia da votação...
Na sala de votação, será permitida a entrada de um eleitor por vez. Manter o celular desligado enquanto estiver na sala de votação. As bolsas, mochilas, pastas e pertences deverão ser deixados na cadeira disposta ao lado da cabine, no momento da votação.
O eleitor deverá adentrar o recinto e entregar seu documento (cédula do COREN ou outro documento OFICIAL original com foto) ao mesário, que o identificará e solicitará sua assinatura no caderno que contém os comprovantes de votação com o nome dos respectivos votantes.
Após assinar o caderno, o eleitor receberá uma cédula aberta, devidamente rubricada no verso e vincada, a qual deverá ser levada à cabine de votação, onde o eleitor irá assinalar com um  “X” o quadrilátero correspondente à chapa escolhida – para tanto, deverá ser utilizada, obrigatoriamente, a caneta presa à cabine. Após assinalar seu voto, o eleitor deverá dobrar a cédula conforme o vinco, e exibi-la, FECHADA, ao presidente de mesa, para simples verificação da rubrica em seu verso – após, deverá depositar seu voto na urna, e retirar, junto ao mesário, seu documento e o comprovante de votação. Guarde bem seu comprovante de votação! Ele poderá ser requisitado futuramente.


ATENÇÃO: Se o eleitor possuir inscrições nos Quadros II e III, votará duas vezes na mesma urna. Neste caso, e eleitor deverá receber uma cédula por vez.

ATENÇÃO ELEITOR: NÃO será fornecida nova cédula em caso de rasura ou erro. Atenção ao assinalar seu voto!

IMPORTANTE: No dia da eleição, não será permitido o uso de alto falantes ou amplificadores de som, nem a promoção de comício ou carreira. Também é vedada a propaganda ou boca de urna no recinto da votação.
Na sala de votação, os aparelhos telefônicos devem permanecer desligados.
Às 18:00 horas, os portões dos locais de votação serão fechados, e somente poderão votar os eleitores que já estiverem dentro do auditório.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Somos Quanto!


Uma pesquisa realizada pela Comissão Business Intelligence - BI do Conselho  Federal de Enfermagem - COFEN, em parceria com os Conselhos Regionais de Enfermagem, mostra os principais dados dos profissionais da Enfermagem: enfermeiros, técnicos, auxiliares e parteiras no Brasil.
Os dados da pesquisa revelam um cadastro de 1.449.583 profissionais em todo o país. Desse total, 19,81% são enfermeiros, 43,18% técnicos de enfermagem e 36,8% auxiliares. A pesquisa ainda mostra que no Brasil, há 106 parteiras cadastradas, o que representa 0,01% do total de profissionais.
No Conselho Regional de Enfermagem do Estado do Acre - COREN/AC estamos distribuídos em: 1.196 enfermeiros, 2.842 técnicos e 1.799 auxiliares de enfermagem.
Para ler o relatório completo da pesquisa Click aqui.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

COREN Móvel


O Conselho Regional de Enfermagem do Acre - COREN-AC realizará atendimento no interior do estado do Acre. Os municípios que serão atendidos e as respectivas datas são os seguintes: 
 - Cruzeiro do Sul - 02 a 05 de setembro de 2011 - Local: Hospital do Juruá e Maternidade;
 - Mâncio Lima - 06 de setembro de 2011 - Local: Hospital de Mâncio Lima
 - Rodrigues Alves - 07 de setembro de 2011 - Local: Hospital de Rodrigues Alves
 - Tarauacá - 08 de setembro de 2011 - Local: Hospital e Maternidade de Tarauacá
 - Feijó - 09 de setembro de 2011 - Local: Hospital de Feijó.
Serão realizadas as seguintes atividades:
- Entrega e impressão de carteiras definitivas;
- Entrega de documentos originais;
- Realização de inscrição definitiva;
- Realização de renovação de inscrição provisória;
- Orientações diversas;
- Atualização cadastral;
- impressão de débitos em atraso;
- Outros serviços.
Portanto, o profissional de enfermagem deverá ficar atento sobre os locais de atendimento, principalmente para receber seus documentos originais e carteiras profissionais.
Fonte: Enfermagem no Acre

Campanha

Campanha