quinta-feira, 22 de setembro de 2011

A Luta Continua


Durante a assinatura do convênio para a pesquisa do Perfil da Enfermagem, no Conselho Nacional de Saúde, o Presidente do Conselho Federal de Enfermagem, Manoel Carlos Neri da Silva, cobrou ao Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, o apoio para a aprovação do  Projeto de Lei 2295/2000, que fixa em 30 horas semanais a jornada de trabalho para os profissionais de Enfermagem.

Para o Presidente do COFEN, o apoio do Ministério da Saúde é fundamental para se quebrar a resistência existente em alguns segmentos do governo para a aprovação do PL 2295.

Neri aproveitou ainda a oportunidade e falou da  importância que a aprovação do PL 2295 trará para os serviços de saúde prestado pelos profissionais de Enfermagem de todo o Brasil.

Entenda mais:
O PL 2295, apresentado em janeiro de 2000, representa uma reivindicação dos profissionais de Enfermagem -enfermeiros, técnicos e auxiliares-, objetivando equalizar o funcionamento dos serviços de saúde e prover um padrão desejável de condições para a prática da Enfermagem no país.  O respectivo PL, que fixa a jornada em seis horas diárias e 30 semanais, aguarda a votação pelo Plenário da Câmara dos Deputados.
Na página da internet da Câmara do Deputados é possível acompanhar todas as etapas do Projeto de Lei, acessando: www.camara.gov.br/proposicoes
Todos os interessados também podem colaborar e fortalecer a aprovação do PL 2295/2000, clicando em manifesto 30h.

Fonte: COFEN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Campanha

Campanha