quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Outubro Rosa

Câncer de mama é uma doença tratável. A descoberta precoce é a chave para sobreviver ao câncer de mama. O câncer normalmente começa com um pequeno nódulo que, com o tempo pode crescer e se espalhar para áreas próximas, como os músculos e pele, assim como nódulo de pus sob o braço. Principalmente o tumor pode se espalhar para órgãos vitais como fígado, cérebro, pulmão e espinha.

Toda mulher de 50 a 69 anos deve fazer o exame clínico da mama (de toque) anualmente e a mamografia a cada dois anos, mesmo que não apresente nenhum sintoma ou histórico familiar, porque é a faixa etária de maior risco. As mulheres de 40 a 49 anos que não apresentam nenhum sintoma ou histórico devem fazer o exame clínico anualmente, e caso apresentem algum nódulo, a mamografia será indicada. Para as mulheres de 35 a 39 que apresentam alto risco, o exame e mamografia deve ser realizado anualmente.

Além do exame de mamografia, a mulher pode realizar o autoexame das mamas. Para a Secretária da Mulher, Concita Maia, "É muito importante que nós mulheres tenhamos conhecimento das possibilidades do nosso próprio corpo". Já a presidente da Associação Amigos do Peito, que ajuda portadoras do câncer de mama que vem do interior para tratamento na capital, revelou que, "Tive câncer de mama num momento que Rio Branco não oferecia tratamento. Tive que fazer meu tratamento fora e sabemos a dificuldade de realizá-lo fora de casa. Hoje isso é diferente, mas o importante é prevenir".

Click aqui e leia uma reportagem feita pelo jornal voz do norte do municipio de Cruzeiro do Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Campanha

Campanha