segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Pra, Quê!

O Plenário do Conselho Federal de Enfermagem - COFEN, em sua 421ª Reunião Ordinária, discutiu amplamente as notícias veiculadas por meio da imprensa, e difundidas na internet, que informam sobre a previsão de lançamento de nova telenovela da TV Globo, em fase de elaboração pelo autor Walcyr Carrasco, que tratará em uma de suas tramas sobre um erro cometido por uma personagem Enfermeira, que induzirá outro profissional a extrair equivocadamente um órgão de um paciente.
 
Tal preocupação se dá, em especial, porque a telenovela, na cultura brasileira, é uma das principais formadoras de opinião pública, de identidade nacional e de modas de consumo, afetando e influenciando milhões de brasileiros, em todas as idades e em todos os níveis socioeconômicos. Dessa forma, a simples apresentação de um erro profissional, sem promover discussões relacionadas à origem dos fatores que induziram a ele, é um desserviço à sociedade e aos profissionais de enfermagem, uma vez que a televisão aberta é um serviço público, cedido mediante concessão do Estado, e não mera atividade econômica, como deixa claro o artigo 21 da Constituição Federal.
Assim, o Conselho Federal de Enfermagem vê com preocupação propostas de tramas envolvendo erros que, por sua natureza tornam-se fatos de grande repercussão e que contribuem para a desvalorização de 1,5 milhão de trabalhadores envolvidos diuturnamente com o cuidado científico, técnico e solidário de pessoas, distorcendo a imagem de profissionais dignos, sérios e competentes que desenvolvem seu trabalho em equipes multiprofissionais em atmosfera de atenção, respeito e confiança. Além disso, fica este Conselho Federal à disposição da emissora para reavaliar a proposta da trama, a qual poderá ser de contribuição inestimável para as relações positivas entre a população e os trabalhadores da saúde, a fim de discutir situações que efetivamente promovam a melhoria da qualidade dos serviços desempenhados por estes dedicados profissionais no país.
 
O COFEN entrará em contato com a rede Globo, no sentido de contribuir para que não venham a ser difundidas notícias que maculem a imagem dos profissionais de enfermagem de todo o Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Campanha

Campanha