segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

A Luta Continua....

Ao receber em audiência os representantes das organizações representantivas da enfermagem brasileira (COFEN, ABEn, CNTS e FNE), em seu gabinete, o presidente da Câmara Federal, Marco Maia (PT), prometeu levar à discussão o projeto de Lei 2295, que estabelece em trinta horas semanais a carga horária dos trabalhadores da enfermagem, ao Colégio de Líderes para que seja pautado e votado no plenário da Câmara Federal.

Marco Maia explicou que há resistências ao projeto, mas lembrou que o Congresso Nacional é sensível ao apelo dos segmentos sociais e as reivindicações justas, a exemplo do PL 2290. "Me comprometo em ajudar para que o projeto seja pautado no Colégio dos Líderes durante a primeira reunião do próximo ano. Não é simples a sua aprovação. Sugiro que as entidades ajam em três frentes: primeiro que convençam os senhores deputados federais nos seus próprios Estados. Segundo, dialoguem com o Ministério da Saúde para que sejam removidos as divergências e os vetos. E, finalmente, convençam os líderes da base do governo e da oposição para que o projeto seja colocado em pauta e votado. Nem sempre o projeto que é pautado é votado", avisou.

Fonte_COFEN


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Campanha

Campanha