segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Reforçando a Imunização

O Brasil vai reforçar a vacinação contra o sarampo e a rubéola em trabalhadores do setor turístico – que inclui pessoas que atuam em aeroportos, restaurantes e hotéis – das cidades que vão receber jogos da Copa do Mundo de 2014.
De acordo com o Ministério da Saúde, o reforço na imunização deve ser concluído antes mesmo da Copa das Confederações, marcada para 2013. As ações devem ter início em 2012 em todas as cidades-sede da Copa do Mundo.
O objetivo, segundo a pasta, é evitar que as doenças, já eliminadas do país, sejam reintroduzidas por meio de turistas que vão visitar o Brasil durante o Mundial de futebol.
Em 2010, o Brasil conquistou a certificação de erradicação do sarampo e de eliminação da rubéola, concedida pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Dados do ministério indicam que não há registro de circulação do vírus autóctone do sarampo no país há dez anos – apenas casos importados.
No caso da rubéola, não há circulação do vírus desde 2008. Este ano, cerca de 70 milhões de pessoas de até 39 anos foram imunizadas contra a doença.
O sarampo é uma doença aguda e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre, tosse seca, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre de pessoa para pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar.
Já os sintomas mais comuns da rubéola são febre, manchas avermelhadas, inflamação de gânglios e dores nas articulações. A transmissão ocorre de pessoa para pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente e também por via sanguínea – quando mulheres grávidas adoecem e transmitem o vírus para o feto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Campanha

Campanha