quinta-feira, 5 de julho de 2018

Prefeitura de Manaus decreta emergência na saúde para conter surto de SARAMPO

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, decretou situação de emergência em saúde no município por 180 dias, devido ao surto de sarampo.
De acordo com informe divulgado pela Secretaria de Saúde de Manaus, são 265 casos de sarampo confirmados, 113 descartados e 1.346 em investigação, aguardando resultado laboratorial.
A prefeitura também aguarda a confirmação da causa da morte de duas crianças – a principal suspeita é que tenha sido sarampo.
O Amazonas está em plena campanha de vacinação, desde abril, com foco na região metropolitana de Manaus, nas cidades com mais de 75 mil habitantes e nas áreas de fronteira.
E a partir de agora, de acordo com Arthur Virgílio, a imunização irá até as pessoas.
Além do Amazonas, Roraima também sofre um surto de sarampo. No Estado, os casos confirmados chegam a 200, com 177 em investigação e 35 já descartados.
A prefeitura de Boa vista iniciou nesta terça-feira (03) uma nova etapa de vacinação contra o sarampo, que segue até 19 de julho.
Segundo o Ministério da Saúde, foram encaminhadas aos dois estados mais de 700 mil doses da vacina tríplice viral, usada para sarampo, caxumba e rubéola. Deste total, 487 mil foram para o Amazonas e 224 mil para Roraima.
Fonte_EBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Campanha

Campanha